Análises do Draft por equipe: AFC East

30 04 2009

Hoje começamos a analisar as escolhas das equipe, e a 1ª divisão é a AFC East

Buffalo Bills Nota Geral: B-

 

Aaron Maybin, DE – Penn State

1,91 m 113 Kg

11º overall – 1º round

 

A produção de Aaron Schobel tem diminuído bastante nos últimos dois anos, além do jogador estar ficando velho e não ter ninguém de qualidade para jogar oposto a ele. Maybin veio para resolver isso. O Bills acertou em cheio na posição, apesar de que Orakpo ainda estava disponível, e podia ser uma melhor escolha. Apesar disso, Maybin é um excelente prospect, ele antecipa o snap extremamente bem, é muito rápido, e já está desenvolvendo movimentos de pass rush importantes para jogar na NFL. Ele já deve ser bem útil em seu primeiro ano na NFL, jogando muitos snaps por partida. Nota: B+

 

Eric Wood, C – Louisville

1,93 m 140 Kg

28º overall – 1º round

 

Um pick estranho do Bills devido a dois fatores. Center não era a principal necessidade do Bills, que necessita mais de um LT em sua OL e Eric Wood não era o principal Center disponível aquela altura, já que Max Unger é mais bem cotado que ele, contudo, a chegada do Wood deixa o miolo da OL do Bills mais forte. Wood é um jogador muito bom no Run-Block e também versátil, podendo jogar como Guard na NFL. Nota: C+

 

Jairus Byrd, CB/S – Oregon

1,83 m 93 Kg

42º overall – 2º round

 

O Bills pegou CB no 1º round ano passado e tem uma boa secundária, fazendo desse pick, uma escolha questionável, além disso Jairus Byrd é considerado um tweeener transformando em uma aposta de risco. Em todo caso, o Bills poderá contar com um jogador bom contra corridas e bastante veloz. Nota: B-

 

Nas outras escolhas da equipe houveram bons achados, Andy Levitre é um Guard muito bom que chega para brigar pela condição de titular, Shawn Nelson também é um Tight End de muito talento que sobrou até o 4º round e chega para ser bastante usado também, Nic Harris é um jogador que pode ser Strong Safety ou OLB e deve ficar no roster da equipe por sua versatilidade, Cary Harris foi uma escolha estranha, um CB não era necessário e ele tem chances pequenas de ficar no roster. Ellis Lankaster outro CB foi uma escolha mais estranha ainda e não teve ficar no time.

Miami Dolphins Nota Geral: B

 

Vontae Davis, CB – Illinois

1,80 m 92 Kg

25º overall – 1º round

 

Não era surpresa para ninguém a necessidade de reforços para a secundária de Miami, contudo, muitos duvidavam que o Bill Parcells fizesse esta escolha. Vontae é um dos maiores talentos do draft, e caiu no colo de Miami devido a supostos problemas de caráter. Seu técnico na universidade de Illinois, Ron Zook, disse que em certos momentos Davis relaxava nos treinamentos e achava-se melhor que os outros jogadores, causando um mal estar entre o jogador e o staff, porém isso não impediu o Front Office de drafta-lo, acreditando que o potencial do jogador pode oferecer trás muito mais a equipe do que os possíveis problemas que ela possa vir a causar. Nota: A

 

Sean Smith, CB/S – Utah

1,93 m 98 Kg

39º overall – 2º round

 

Sean Smith trás para Miami uma rara combinação de velocidade e tamanho entre cornerbacks. Por muitos considerado o principal steal da equipe, Smith começou sua carreira universitária com WR, trocando para CB ao final de seu primeiro ano, e logo se firmou como um dos principais jogadores da defesa de Utah. Smith é um jogador muito confiante de suas próprias habilidades, algo que é necessário para se jogar em uma divisão em que ele provavelmente terá que marcar WRs como Randy Moss, Terrell Owens e Lee Evans. Se bem desenvolvido, Smith se tornará juntamente com Vontae Davis a dupla de CBs de Miami para um futuro próximo. Nota: B

 

Pat White, QB/WR – West Virginia

1,83 m 89 Kg

44º overall – 2º round

 

A escolha de Pat White dividiu especialistas. Um dos melhores college QBs das últimas temporadas, White vem para Miami para trazer uma nova dimensão ao ataque do time. Muitos o vêem como um WR na NFL, porém o desejo do próprio White é tornar-se um QB, e o braço para isso ele tem.

Desejos a parte, a principal função de White deve ser comandar a formação implementada no ataque de Miami na última temporada, o Wildcat. White, que foi o melhor QB corredor na história da NCAA, com certeza trás muitos mais recursos do que Ronnie Brown na hora em que a formação estiver em campo, podendo tanto passar, correr ou receber com eficiência. Nota: B+

 

Nos rounds seguintes as escolhas de Miami foram muito mais controversas do que nos dois primeiros rounds. Com a pick 87 e pick 108 a equipe draftou Patrick Turner e Brian Hartline, dois grandes WRs com velocidade questionável. Tanto Turner quanto Hartline parecem vir para preencher a vaga de possesion WR da equipe, que não foi preenchida por Earnest Wilford na última temporada. O TE John Nalbone, o FS Chris Clemons, o T Andrew Gardner e o LB J.D Folson completaram o draft da equipe, com destaque para o FS Chris Clemons, da universidade de Clemson, que tem tamanho e a velocidade adequada para a posição, devendo ser um grande contribuinte para o ST de Miami no seu rookie year. 

New England Patriots B+

 

Desde o início da era Bill Belichick em New England, em 2000, todos ficam ansiosos para ver o que o treinador irá fazer durante o Draft, por que ele sempre dá show, e esse ano não foi diferente, começou trocando entrou com 11 picks no Draft, e após algumas trocas, 7 para ser exato, draftou 12 jogadores e ainda garantiu mais duas escolhas de 2º round do ano que vem.

           

Patrick Chung, SS – Oregon

1, 83 m 95 Kg

34º overall – 2º round

           

Alguns consideraram uma má escolha com alguns nomes importantes ainda à disposição, mas Bill Belichick queria o jogador no elenco porque vê muito potencial nele. Chung é um excelente Strong Safety, sabe como da tackles e é muito bom na cobertura. Além disso é um grande líder dentro e fora de campo, sendo o capitão de sua faculdade por muito tempo. Com certeza substituirá com brilho Rodney Harrisson que não deve durar muito em Boston. Nota: B+

           

Ron Brace, NT – Boston College

1,91 m 147 Kg

40º overall – 2º round

 

Não é uma posição carente para o time, para poder ser escolhido no 2º round, mas Wilfork está em seu último ano de contrato e o time precisava de um plano B caso ele não renove ao fim da próxima temporada. Nota: B

           

Darius Butler, CB – UConn

1,78 m 85 Kg

41º overall – 2º round

 

Esse era o principal alvo do time no Draft, enquanto muitos davam como Vontae Davis o melhor CB da classe 2009, Belichick sempre esteve de olho em Butler. O jogador é bem atlético e versátil, pode jogar até de WR, tem uma excelente visão, conseguindo “ler” bem os olhos do QB e as rotas do WR. Vai melhorar muito a secundaria do time, que vem sendo bastante contestada desde a saída de Asante Samuel. Nota: A

           

Sebastian Vollmer, OT – Houston.

2,03 m 143 Kg

58º overall – 2º round

 

Ele é alemão e tem um biótipo típico do país, ou seja, forte, grande e intimidador. Melhorando sua capacidade de abrir espaços para a corrida, será um grande RT. Nota: B-

           

Em suas outras 8 escolhas, o time as usou para solucionar algumas pequenas necessidades do time. Draftou o WR Brandon Tate no 3º round, que pode vir a ser o WR #3 do time além de ser o retornador, devido a saída de Ellis Hobbs. Ainda no 3º round o time draftou o ILB Tyrone McKenzie, South Florida, que poderá ajudar na rotatividade dos titulares em alguns snaps. No 4º round o time draftou o G Rich Ohrnberger, que é um bom pass blocker, será um bom reserva. No 5º round o time draftou o OL George Bussey, vem apenas para dar profundidade ao grupo de G e T. No 6º round o time escolheu o LS Jake Ingram, que chega para entrar no lugar de Plaxton que saiu na Free Agency. As duas ultimas ecolhas foram o NT Myron Pryor e o WR/QB/RB Julian Eldeman, o primeiro nada acrescentará ao time, pode até ser dispensando depois do Training Camp e o outro, se permanecer, no time pode ser usado nas formações Wild Cat.

New York Jets Nota Geral: A-

 

Mark Sanchez, QB – USC

1,88 m 103 Kg

5º overall – 1º round

 

O New York Jets fez uma troca com o Cleveland Browns para escolher na 5ª posição e o escolhido foi Mark Sanchez. Com a aposentadoria de Brett Favre, o Jets tinha no elenco QBs pouco prestigiados e jovens como Kellen Clemens e Eric Ainge e nenhum dos dois aparenta ser um QB que vá dar muitas alegrias a sua torcida. Mark Sanchez é QB muito promissor que apesar de ter tido poucos jogos em USC, mas pareceu ser a coisa certa a fazer para o Jets. Sanchez é um QB muito talentoso que ainda deve se desenvolver muito na NFL, e bem protegido pela boa OL do Jets vai ser um QB muito bom na NFL. A condição de Sanchez no início da temporada vai depender dos Training Camps, que apontaram o QB titular da equipe, mas crio que se Sanchez não começar como titular  tem tudo para assumir a função durante a temporada. Nota: A-

 

Shonn Greene RB – Iowa

1,80 m 103 Kg

65º overall – 3º round

 

Como Thomas Jones já não é mais um garoto e Leon Washington é um grande retornador, mas não tem o mesmo brilho como RB, o Jets necessitava de alguém para a posição e escolheu simplesmente o jogador que recebeu o prêmio de melhor RB do ano na NCAA, Greene caracteriza-se por ser um jogador muito forte, e difícil de ser derrubado. A grande dúvida em relação é Greene é com relação às contusões que ele teve no college, especialmente no tornozelo, mas ainda sim Greene foi um steal que deve ir muito bem atrás da poderosa OL do Jets. Nota: B+

 

Com sua outra escolha, o Jets draftou no 6º round o Guard Matt Slauson que se ficar no time após o Training Camp será reserva da posição, que precisa de renovação pois Alan Faneca já está nos últimos anos de sua carreira.  Nota: B-





Análise do Draft por equipe

29 04 2009

Passado o Draft, avaliaremos ao longo das próximas semanas o desempenho dos times no Draft. Nós próximos dias traremos análise das divisões AFC East e AFC North. Fique de olho e dê sua opinião sobre o Draft.





Draft Central

25 04 2009

1. Detroit Lions: Quarterback – Matthew Stafford, Georgia

Nenhuma surpresa, como noticiado aqui no blog, o Lions já tinha acertado um grande contrato com Stafford. Agora o ataque do Lions conta com ótimas armas em Stafford, Calvin Johnson, Kevin Smith, e agora o time deve procurar usar suas escolhas em OL e defesa.

2. St. Louis Rams: Offensive Tackle – Jason Smith, Baylor

Escolha muito certa do Rams aqui, o time precisava muito de um OT com a saída de Orlando Pace. Smith, como um all-around LT, pode muito bem proteger o blind side de Marc Bulger, e também abrir espaço para as corridas de Steven Jackson. Por enquanto nenhuma surpresa neste draft.

3. Kansas City Chiefs: Defensive End – Tyson Jackson, LSU

Escolha bem típica do Pioli. Ele quer começar a reconstruir a defesa pela DL, pode ser uma aposta boa, ou não. O fato é que o Chiefs tem uma DL ridícula, que bateu o recorde de menos sacks feitos em uma temporada, apenas 10 ano passado, então parece uma aposta boa.

4. Seattle Seahawks: Linebacker – Aaron Curry, Wake Forest

O Seahawks tinha algumas opções aqui: Mark Sanchez, Curry, Michael Crabtree.. Mas o time optou em reforçar a defesa, já que o LB pro-bowler Julian Peterson foi para o Detroit Lions. Curry é talvez o melhor prospect do draft, então foi uma bela escolha do Seahawks.

5. New York Jets (From Cleveland): Quarterback Mark Sanchez, USC

E temos a primeira troca do Draft ! Jets consegue seu franchise quarterback em Mark Sanchez, depois da aposentadoria de Brett Favre. O Cleveland Browns deve receber um ótimas escolhas/jogadores, pois o Jets subiu da 17 para a 5, quando a “recompensa” for anunciada será noticiada aqui.

Trade anunciada:
Cleveland Browns recebe: DE Kenyon Coleman + QB Brett Ratliff + S Abram Elam + pick 17 + pick 52
New York Jets recebe: Pick 5 (Mark Sanchez)

6. Cincinatti Bengals: OT Andre Smith, Alabama

Se não fosse pelos problemas extra-campo apresentados nesse caminho para o Draft, como uma suspensão do Sugar Bowl, sair do Combine sem avisar e flutuação de peso, Smith poderia ser até cogitado para o 1o LT a sair, o que surpreende é que Eugene Monroe ainda está disponível.

7. Oakland Raiders: WR Darrius Heyward-Bey, Maryland

Por um lado parece absurdo, mas por outro parece óbvio. Al Davis ama WRs velozes, Heyward-Bey fez 4.3 no 40 yard dash. E Michael Crabtree continua disponível.

8. Jacksonville Jaguars: OT Eugene Monroe, Virginia

Um ótimo jogador, tipíco LT de NFL, antes do draft parecia impossível que ele sobrasse até aqui, mas sobrou. O Jaguars não dá mole, não troca, e escolhe certo. E Crabtree ainda diponível.

9. Green Bay Packers: NT BJ Raji, Boston College

Bela escolha do Packers, o time joga com Adrian Peterson e Matt Forte duas vezes por temporada, e está mudando para o 3-4, então precisava de um grande NT, e consegue isso em Raji.

10. San Francisco 49ers: WR Michael Crabtree, Texas Tech

Michael Cabtree é, sem duvidas, um dos 3 melhores prospects do Draft, seu stock caiu por causa do Combine e de outras coisas. Mike Singletary, apesar de preferir privilegiar a defesa, se rende ao talento de Crabtree, e traz um alvo para Shaun Hill.

11. Buffalo Bills: DE Aaron Maybin, Penn State

Bills tem o ótimo Aaron Schobel na DL, mas ele sozinho não pode fazer muita coisa, mesmo com Orakpo ainda disponível o Bills escolhe Aaron Maybin, um DE leve, bom no Pass-Rush para melhorar o nível desta DL.

12. Denver Broncos: RB Knowshon Moreno, Georgia

Uma escolha controversa. Broncos precisa fortalecer sua defesa, mas ao invés disso preferiu o melhor RB do Draft. Knowshon tem muito talento e atrás dessa OL fara um bom trabalho.

13. Washington Redskins: DE Brian Orakpo, Texas.

Escolha acertada, Orakpo foi caindo e sobrou para o Redskins e chega em Washington para tentar resolver os problemas do fraco Pass-Rush da equipe. Orakpo vem da forte universidade do Texas.

14. New Orleans Saints: CB Malcolm Jenkins, Ohio State

New Orleans faz o melhor e seleciona o grande CB do Draft para fortalecer a fraca secundária da equipe que apanhou muito ano passado, Jenkins é um jogador versátil e também pode jogar como Safety.

15. Houston Texans: OLB Brian Cushing, USC

Houston seleciona um homem para fortalecer seu grupo de LBs que só conta com DeMeco Ryans como grande destaque. Cushing é agressivo, bom Pass-Rusher e com a chegada dele a defesa de Houston passa a ser ainda mais temida.

16. San Diego Chargers: OLB Larry English, Northern Illinois

Escolha surpreendente do Chargers. English deveria sair no fim do primeiro round, até no início do segundo, mas uma escolha mais normal para o Chargers seria Rey Maualuga ou Chris Wells, mas a aposta pode dar certo.

TRADE: Tampa Bay Buccaneers recebe a escolha 17 e dá a 19 e a sua escolha de 6o round para o Cleveland Browns.

17. Tampa Bay Buccaneers (From Cleveland): QB Josh Freeman, Kansas State

O Buccaneers sobre para garantir seu provável quarterback titular para a temporada 2009. Freeman subiu muito no draft recentemente, e é selecionado ainda mais em cima por causa da necessidade do Buccs por um QB.

18. Denver Broncos (From Chicago): DE Robert Ayers, Tennessee

O Broncos fez o que deveria ter feito com sua primeira escolha, seleciona um defensor. Robert Ayers teve uma performance sensacional no senior bowl e no Combine, o que o fez subir muito no draft.

TRADE: O Browns desce de novo, recebe outra escolha de 6o round e a de Primeiro round do Eagles. O Eagles recebe a escolha 19 do Browns.

19. Philadelphia Eagles (from Cleveland): WR Jeremy Maclin, Missouri

O Eagles reforça seu ataque, e traz mais um alvo para Donavon McNabb. Maclin é um grande playmaker, que pode fazer um grande impacto nesse ataque do Eagles, que conta com um jogo corrida também muito forte.

20. Detroit Lions (from Dallas): TE Brandon Pettigrew, Oklahoma State

Mais uma surpresa no Draft. Todos esperavam OT no Lions,mas eles fortalecem seu corpo de recebedores com o ótimo TE Brandon Pettigrew que ao lado de Calvin Johnson será um dos principais alvos de Matt Stafford.

21. Cleveland Browns (from Tampa Bay): C Alex Mack, California

Finalmente o Browns escolhe e surpreende selecionando omelhor Center do Draft Alex Mack. Mack tem tudo para ser um grande Center na NFL e chega para substituir o aposentado LeCharles Bentley.

22. Minnesota Vikings: WR Percy Harvin, Florida

Minnesota seleciona um WR muito rápido e talentoso para fortalecer seu fraco grupo de Wide Receivers. Harvin no entanto tem alguns problemas disciplinares e é visto como um investimento de risco

23. Baltimore Ravens (from New England): OT Michael Oher, Ole Miss

Baltimore sobe no draft e seleciona Michael Oher que é ótimo no Run Block para o lugar do veterano Willie Anderson que está em final de carreira. Oher tem um talento grande e pode ser um grande OT na NFL.

24. Atlanta Falcons: DT Peria Jerry, Ole Miss

Atlanta faz uma boa escolha ao selecionar o DT Peria Jerry, o miolo da DL de Atlanta não é muito forte e o ótimo Run-Stopper Peria Jerry torna essa defesa mais forte.

25. Miami Dolphins: CB Vontae Davis, Illinois

Miami age bem e drafta o principal jogador disponível da sua posição mais carente. Vontae é um jogador muito talentoso e vai deixar essa secundária mais forte.

26. Green Bay Packers (From Patriots): LB Clay Matthews, USC

Ótima escolha do Packers, a troca, nem tão boa assim. Matthews é um ótimo linebacker, muito esperto, que pode fazer um grande impacto nessa defesa do Packers se bem utilizado.

27. Indianapolis Colts: RB Donald Brown, UConn

Colts precisavam de um WR par substituir Marvin Harrison que se aposentou, mas tambem precisavam de um RB para dividir snaps e botar pressão em Joseph Addai, que vem estando abaixo da crítica depois da boa temporada de 2007, além disso Addai sofre muito com lesões. Escolha contestada, mas aceitável por parte de Indianapolis.

28. Buffalo Bills: C Eric Wood, Louisville

Até que Buffalo precisa de reforços na OL, mas fez a pior escolha do round junto com Raiders, Max Unger é considerado melhor, e Wood provavelmente estaria livre na proxima escolha do time.

29. New York Giants: Hakeem Nicks, UNC

Bela escolha por parte do Giants. Nicks é talvez o jogador mais underrated desse draft. Ele tem mãos ótimas e ainda tem boa velocidade, se tornando uma arma pro time do Giants, e uma ameaça para o time adversário.

30. Tennessee Titans: Kenny Britt, Rutgers

Finalmente o Titans usa uma escolha de primeiro round em WR. Britt é um ótimo possession receiver que deve ajudar o ataque do Titans a ficar mais balanceado entre jogo corrido e jogo aéreo.

31. Arizona Cardinals: RB Chris Wells, Ohio State

Edgerrin James, apesar de tudo que já fez, não é mas o mesmo e está velho. O Cardinals precisava de RB pra dividir carries com Tim Hightower. Wells é um grande RB, e deve fazer impacto imediato no time.

32. Pittsburgh Steelers: DT Evander Hood,

Todos esperavam alguém da OL, como Max Unger, mas Pittsburgh decidiu reforçar sua DL que já está velha, todos com 30 anos pelo menos, uma boa escolha do Steelers, Hood é um DT dominante e underrated.

33. Detroit Lions: S Louis Delmas, Western Michigan

Detroit surpreende ao mais uma vez não selecionar um OL e pega o bom safety Louis Delmas para reforçar sua secundária, a defesa do Lions é fraca e realmente precisa de reforços mas haviam jogadores melhores que o Delmas ainda disponíveis.

34. New England Patriots: SS Patrick Chung, Oregon

O Patriots tenta a renovação da posição de SS, selecionando Chung. Rodney Harrison está velho, e não joga mais no mesmo nível de antes, por isso essa é uma bela escolha do Pats.

35. St. Louis Rams: ILB James Laurinaitis, Ohio State

Boa escolha do Rams aqui, o time não tem uma necessidade muito grande de linebacker, apesar da defesa ter sido muito fraca na temporada passada, mas Laurinaitis pode ser uma boa para o futuro.

36. Cleveland Browns: WR Brian Robiskie, Ohio State

O ataque do time de Ohio deixou a desejar na ultima temporada, ainda mais depois da brilhante temporada de 2007. Além disso crescem os rumores que Braylon Edwards está de mala pronta para NY, por isso Browns decidiu pegar o bom WR Robiskie.

37. Denver Broncos: CB Alphonso Smith, Wake Forest

Após uma defesa contra o jogo aéreo ruim na temporada passada, era mais que esperado que Broncos usasse essa pick para um DB, e Alphonso Smith é um tremendo ballhawk.

38. Cincinatti Bengals: LB Rey Maualuga, USC

Com a defesa que Bengals tem, qualquer jogador de defesa que o time escolha reforçará bastante o time, além disso Maualuga é um grande nome, estando cotado, inclusive, para sair no 1º round.

39. Jacsonville Jaguars: OT Eben Britton, Arizona
A linha ofensiva de Jaguars não anda boa, mas mesmo assim a escolha é surpreendente porque pegaram um outro OT no 1º round. Talvez pegaram por achar que ele é o melhor disponivel e que nao poderiam deixa-lo passar.

40. New Englando Patriots: DT Ron Brace, Boston College

Com 3 de seus jogadores da DL entrando em seu ultimo ano de contrato, entre eles Seymour. Patriots precisa de um backup com potencial, como Brace, para se o time perder um DT na próxima off-season.

41. New England Patriots: CB Darius Butler, UConn

O time do New England Patriots tem como calcanhar de aquiles a secundária, e Butler aqui é um achado, ele fez um ótimo senior bowl e um combine muito bom, e pode ser starter em pouco tempo no Patriots.

43. Buffalo Bills: CB Jairus Byrd Oregon

O Buffalo Bills pega pelo 2º ano consecutive um CB no 1º dia de draft. A escolha não agrada muito porque a equipe já tem jogadores bons e jovens no setor e um OT talvez fosse mais importante.

43. Carolina Panthers: DE Everette Brown, FSU

Finalmente !! Brown deveria sair no top 20, mas foi caindo, caindo .. Mas o Panthers não dá mole, e parece que Julius Peppers vai ser trocado mesmo. Everette é um grande run stopper e tem muito talento para ser titular em algum tempo.

44. Miami Dolphins: QB/WR Pat White, West Virginia

Jogador perfeito para a wildcat do Dolphins, deve entrar só em situações dessa formação, e talvez, como WR as vezes. O Dolphins carece de WR, isso talvez tenha influenciado essa escolha também.

45. New York Giants: OLB Clint Sintim Virginia

Sintim é uma boa escolha para participar da rotação de Linebackers do Giants que é bem jovem, mas tem o veterano Antonio Pierce que precisa de um substituto

46. Houston Texans: DE Connor Barwin Cincinnati

Connor Barwin é um bom DE Pass-Rusher e chega no Texans para particpar da rotação de DEs com Mario Williams e Antonio Smith, Barwin já jogou de Tight End também.

47. Oakland Raiders: DB Michael Mitchell Ohio

Pick absurda, Al Davis mais uma vez erra e faz um reach gigante no draft. Michael Mitchell era previsto para 6º round.

48. Denver Broncos: CB Darcel McBath Texas Tech

O Broncos realmente necessita melhorar sua secundária, mas McBath também é um reach a esta altura e não deve causar grande impacto nesta defesa.

49. Seattle Seahawks: C Max Unger Oregon

Seattle fortalece sua OL com o ótimo Max Unger, Center muito talentoso que traz juventude para essa OL e deve fazer um bom trabalho na proteção de Hasselbeck.

50. Cleveland Browns: WR Mohamed Massaquoi, Georgia

Escolha muito interessante do Browns. Principalmente se Edwards for trocado, Massaquoi terá de ser titular no Browns, e eu acredito que ele consiga jogar bem como titular.

51. Buffalo Bills: OL Andy Levitre, Oregon State

Com a saída de Jason Peters para o Eagles, e titulares questionáveis, o Bills precisa de profundidade na offensive line. Levitre pode ser até titular nessa linha do Bills na sua primeira temporada.

52. Cleveland Browns: DE David Veikune, Hawaii

O pass rush do Browns na temporada de 2008 foi muito fraco. O time precisa de jogadores para serem titulares imediatos na linha defensiva. Veikune teve números espetaculares na temporada passada, e apesar de jogar numa conferência fraca, foi uma boa escolha.

53. Philadelphia Eagles: RB LeSean McCoy, Pittsburgh

Excelente escolha do Eagles. Eles procuravam por um complemento para Westbrook, acharam um com talento de primeiro round no fim do segundo, mais uma arma para o ataque do Eagles, que já escolheu Maclin no primeiro round.

54. Minnesota Vikings: OT Phil Loadholt, Oklahoma

Essa, com certeza, é uma escolha para o futuro. A linha do Vikings é uma das melhores da NFL, e tem ótimos tackles. No futuro, Loadholt pode e deve vir a ser titular do Vikings, não sei se foi uma boa escolha, o time tem outras necessidades.

55. Atlanta Falcons: S William Moore Missouri

Mais uma escolha para reforçar a secundária, feita pelo Falcons. Talvez nessa escolha fosse melhor procurar por outra posição, apesar de Moore ser um steal nesse momento.

56. Indianapolis Colts: DT Fili Moala, USC

Ótima escolha do Colts. O time estava de olho no jogador, tanto que subiu para consegui-lo. Defensive tackle é talvez a maior necessidade do time, então, depois de selecionar um RB no primeiro round, essa escolha foi a melhor possível.

57. Baltimore Ravens: DE Paul Kruger, Utah

Muito boa essa escolha do Ravens. O time tem uma grande defesa, e é importante manter o nível quando alguém se lesiona, e ainda quando tem jogadores já ficando velhos no elenco. Kruger é um prospect espetacular de DE, um achado no fim do segundo round.

58. New England Patriots: OL Sebastian Vollmer, Houston

O Patriots faz uma escolha interessante aqui. Vollmer começou sua carreira como TE, mas virou tackle depois, jogando muito bem. Ele não tem o atleticismo necessário para ser left tackle na NFL, mas deve ser um right tackle sólido em alguns anos.

59. Carolina Panthers: S Sherrod Martin, Troy

O Panthers teve algumas baixas na secundária nesta off-season. Martin vem para dar profundidade ao elenco, e por causa da necessidade grande do Panthers por cornerbacks, deve participar de muitos snaps na sua temporada de rookie.

60. New York Giants: OT William Beatty, UConn

Beatty, que talvez não chegasse nem na escolha de primeiro round do Giants, surpreendentemente sobra para o fim do segundo round. Mesmo que o time não necessite da posição imediatamente, é bom para o Giants ter um tackle novo e sólido para o futuro.

61. Miami Dolphins: S/CB Sean Smith, Utah

Smith é outro que cai surpreendentemente, e, o Dolphins não hesita, mesmo tendo selecionado Vontae Davis no primeiro round, Sean Smith é uma ótima escolha, e deve ter muitos snaps jogando tanto de safety, quanto de cornerback.

62. Tennessee Titans: DT Sen’Derrick Marks, Auburn

Titans escolhe o substituto de Albert Haynesworth aqui no fim do segundo round. Marks é um talentoso penetrador de one-gap, que tem toda a capacidade para ser titular em sua primeira temporada.

63. Arizona Cardinals: DE/OLB Cody Brown, UConn

O Cardinals adiciona um excelente pass rusher em Cody Brown. Apesar de não ter o tamanho perfeito, ele tem movimentos ideais para jogar de OLB numa defesa 3-4, e deve ter bastante tempo jogando na sua primeira temporada na NFL.

64. Denver Broncos (From Pittsburgh): TE Richard Quinn, UNC

O Broncos pulou muitos prospects interessantes para conseguir Quinn, posso dizer que esse trade up não teve um propósito muito inteligente. Mesmo ele sendo considerado um dos melhores bloqueadores na posição, Quinn só teve 12 recepções na carreira.

Terceiro Round

65. New York Jets: RB Shonn Greene, Iowa

Com Thomas Jones infeliz com seu contrato, Jets consegue um possível substituto com a escolha de Greene. Como um jogador com muita força, Greene deve cair perfeitamente no ataque corrido forte do Jets.

66. St. Louis Rams: CB Bradley Fletcher, Iowa

O Rams adiciona um cornerback muito atlético ao roster com a escolha de Fletcher. O jogador tem tamanho para jogar de safety se preciso, mas ele deve começar jogando em formações de dime no Rams.

67. Kansas City Chiefs: DT Alex Magee, Purdue

Magee dá ao Chiefs a possibilidade de jogar como DT ou DE na linha defensiva. Magee tem boa habilidade no pass rush e deve jogar alguns snaps na rotação do Chiefs já esse ano.

68. Chicago Bears: DE Jarron Gilbert, San Jose State

O Bears precisa muito de pass rush, na temporada passada, a falta de pass rush destruiu sua defesa. Então, aqui o Bears vai de melhor jogador disponível em suas necessidades (WR/FS/DE) e escolha um ótimo jogador em Gilbert, que deve evoluir muito com Marinelli treinando-o.

69. Dallas Cowboys: OLB Jason Williams Western Illinois

Dallas não tem grandes necessidades e Williams é um LB bastante atlético e veloz que chega para participar da rotação de OLBs e também pode jogar no Special Team.

70. Cincinnati Bengals: DE Michael Johnson Georgia Tech

Grande pick do Bengals. Johnon é um DE muito bom e veloz, que tem talento de 1º round e chega para possivelmente ser titular. Johnson é alto e sabe pressionar Quarterbacks.

71. Oakland Raiders: DE Matt Shaughnessy Wisconsin

O Raiders realmente precisa fortalecer sua DL, mas o pick não foi tão bom porque haviam DEs melhores disponíveis. Shaughnessy é bem alto e forte mas não ataca bem o pocket.

72. Jacksonville Jaguars: DT Terrance Knighton Temple

O Jaguars precisava de um DT grande, sua principal deficiencia defensiva, para tentar dominar a linha de scrimmage, Knighton chega para ser esse jogador.

73. Jacksonville Jaguars: CB Derek Cox William & Mary

Cox é um jogador talentoso que vem de uma faculdade pouco conhecida para reforçar a secundária do Jaguars que necessita de um upgrade.

74. San Francisco 49ers: RB Glenn Coffee Alabama

Bela escolha do Niners. Coffee é um RB muito forte e underrated para fazer uma dupla promissora com Frank Gore.

75. Dallas Cowboys: OT Robert Brewster Ball State

O Cowboys seleciona um OT muito bom no Run-Block e bem versátil, pois pode jogar de Gaurd na NFL para aumentar o depth de sua Linha Ofensiva.

76. Detroit Lions: OLB DeAndre Levy Wisconsin

Detroit faz um bom pick selecionando Levy. Ele é um OLB bem veloz e bom Pass-Rusher que chega para participar da rotação e do Special Team.

77. Houston Texans: C Antoine Caldwell Alabama

Texans tem uma OL mediana e selecion um dos melhores Centers do Draft. Caldwell é bom Run-Blocker e também joga bem como Guard.

78. San Diego Chargers: G Louis Vasquez Texas Tech

San Diego perdeu seu RG Mike Goff e precisa arranjar um substituto para ele. Vasquez é um Guard de muita força fisica.

79. Pittsburgh Steelers: G Kraig Urbik Wisconsin

O Steelers precisa reforar a OL, ponto fraco do tim e o versátil Urbik é uma ótima opção, pois pode jogar como Guard ou Tackle.

80. Washington Redskins: CB Kevin Barnes Maryland

Redskins precisa de reforços na secundária e Barnes é bom no cover, marca bem por zona e pode ser o Nickel Back do time, mas teve contusões que preocupam.

81. Tampa Bay Buccaneers: DT Roy Miller Texas

Tampa seleciona Miller para ser o DT do time em situações de Nose Tackle e também para participar da rotação de uma defesa que está se renovando.

82. Detroit Lions: WR Derrick Williams Penn State

Detroit seleciona mais um alvo para Stafford. Derrick Williams é um bom WR e chega para ser o Slot Receiver do time e talvez o reotrnador.

83. New England Patriots: WR Brandon Tate North Carolina

New England drafta Tate para jogar em situações de muitos Wide Receivers em campo e também como retornador. Tate preocupa pois sofreu uma importante contusão este ano.

84. Pittsburgh Steelers: WR Mike Wallace Mississippi

Pittsburgh seleciona Wallace, um WR Deep Threat como o OC Bruce Arians adora, com a sai da de Nate Washington, um WR era necessário.

85. New York Giants: WR Ramses Barden Cal Poly

O Giants seleciona o WR gigante Ramses Barden. Barden tem tudo para ser um grande WR na NFL, pois é dificil de ser marcado devido a sua altura e atleticidade.

86. Minnessota Vikings: CB Asher Allen Georgia

Minnesota seleciona mais um membro para sua secundária, Allen é muito agressivo, ele tem boa velocidade e deve ser o Nickel back do time esse ano.

87. Miami Dolphins: WR Patrick Turner USC

Miami precisa de um bom corpo de Wide Receivers e Turner chega para dar profundidade a esse grupo e ser uma opção na Endzone.

88. Baltimore Ravens: CB Ladarius Webb Nicholls State

Ravens faz um pick estranho, Webb vem de uma universidade desconhecida e mas deve ser uma opção de Depth para o time de Baltimore.

89. Tennessee Titans: TE Jared Cook South Carolina

Cook tem muito talento e escorregou até aqui, o Titans que tem um grupo de receivers mediano não podia deixá-lo passar.

90. Atlanta Falcons: CB Chris Owens San Jose State

Atlanta seleciona mais um jogador para sua secundária, Owens é agressivo, bom em coberturas e vai ser uma opção em jogadas com muitos recebedores em campo.

91. Seattle Seahawks: WR Deon Butler Penn State

Seattle perdeu Bobby Engram e precisa substitui-lo, Butler é um WR veloz e sua aquisição é importante para o depth de Wide Receivers.

92. Indianapolis Colts: CB Jerraud Powers, Auburn

O Colts traz um CB considerado um dos mais underrated desse draft. A equipe de Indiana sofreu com as contusões no ano passado e melhora o seu depth na posição. Apesar de sua baixa estatura Powers é excelente no cover, e pode se tornar um bom nickel em pouco tempo. (Feito por Ivan Prado)

93. Carolina Panthers: DL Corey Irvin, Georgia

Corey Irvin é um jogador versátil que chega para participar da rotação dessa DL que pode perder Julius Peppers durante a offseason.

94. Tennessee Titans: CB Ryan Mouton Hawaii

Mouton foi muito bem na universidade, mas como joga no Hawaii que é de uma fraca conferência as pessoas olham com desconfiana, mas ele é bom em coberturas e pés muito bons.

95. Arizona Cardinals: FS Rashad Johnson Alabama

Johnon é um safety bom em cover que pode ser nickelback e no Cardinals será importante para fortalecer essa secundária.

96. Pittsburgh Steelers: CB Keenan Lewis Oregon State

O Steelers perdeu alguns jogadores da secundária na offseason e precisa repor, Lewis deve ser reserva particpando em situações de muito receivers.

97. New England Patriots: OLB Tyrone McKenzie, USF

Essa escolha é mais para depth, mas McKenzie já deve contribuir como backup Sam Linebacker nessa defesa 3-4 do Patriots, entrando ocasionalmente.

98. Cincinatti Bengals: TE Chase Coffman, Missouri

Bela escolha do Bengals, Coffman é um TE sensacional nas recepções, apesar de não ter muita velocidade, será sempre um alvo seguro para Carson Palmer num 3rd down.

99. Chicago Bears: WR Juaquin Iglesias, Oklahoma

Mais uma escolha muito boa de Jerry Angelo. Iglesias surpreendentemente sobra até aqui, e o Bears não dá mole, escolhe um alvo muito interessante para Jay Cutler.

100. New York Giants: TE Travis Beckum, Winsconsin

Boa escolha do Giants, Beckum deve ser muito útil para o special teams do time, e deve entrar em formações com mais de um TE.

Quarto Round

A partir daqui, faremos comentários só em steals e escolhas interessantes, depois faremos maiores análises.

101. Dallas Cowboys: QB Stephen McGee, Texas A&M

102. Kansas City Chiefs: CB Donald Washington, Ohio State

103. St. Louis Rams: DT Darrell Scott, Clemson

104. Cleveland Browns: LB Kaluka Maiava, USC

Boa escolha do Browns, Maiava era esperado para sair no máximo no terceiro round.

105. Chicago Bears: DE Henry Melton, Texas

Mayock nunca ouviu falar dele, ou seja, algo ruim, mas vamos esperar, Angelo normalmente faz boas escolhas nessa parte do draft.

106. Cincinatti Bengals: C Jonathan Luigs, Arkansas

107. Jacksonville Jaguars: WR Mike Thomas, Arizona

108. Miami Dolphins: WR Brian Hartline, Ohio State

109. Green Bay Packers: OT T.J Lang, Eastern Michigan

110. Dallas Cowboys: DE Victor Butler, Oregon State

111. Carolina Panthers: RB Mike Goodson, Texas A&M

Pick interessante aqui, o Panthers já tem 2 ótimos running backs, mas Goodson é simplismente bom demais para passar.

112. Houston Texans: CB Quin Glover, New Mexico

113. San Diego Chargers: DT Martin Vaughn, Western Ontario (Canadá)

114. Denver Broncos: FS David Bruton, Notre Dame

115. Detroit Lions: DT Sammie Lee Hill, Stillman

116. New Orleans Saints: S Chip Vaughn, Wake Forest

117. Tampa Bay Buccaneers: DE Kyle Moore, USC

118. New Orleans Saints: ILB Stanley Arnoux, Wake Forest

119. Chicago Bears: CB D.J Moore, Vanderbilt

120. Dallas Cowboys: DE Brandon Williams, Texas Tech

121. Buffalo Bills: TE Shawn Nelson, Southern Miss

Que achado do Bills! Nelson é um ótimo TE e já deve receber muitos passes em seu primeiro ano na NFL.

122. Houston Texans: TE Anthony Hill, NC State

123. New England Patriots: OG Richard Ohrnberger, Penn State

124. Oakland Raiders: WR Louis Murphy, Florida

125. Atlanta Falcons: DE Lawrence Sidbury Jr., Richmond

126. Oakland Raiders: OLB Slade Norris, Oregon State

127. Indianapolis Colts: WR Austin Collie, BYU

128. Carolina Panthers: FB Tony Fiammetta, Syracuse

129. New York Giants: RB Andre Brown, NC State

130. Tennessee Titans: ILB Gerald McRath, Southern Miss

131. Arizona Cardinals: CB Greg Toler, St. Paul’s

132. Denver Broncos: OT Seth Olsen, Iowa

133. San Diego Chargers: OG Tyronne Green, Auburn

134. San Diego Chargers: RB Gartrell Johnson, Colorado State

135. Tennessee Titans: OT Tony Kropog, Tulane

136. Indianapolis Colts: DT Terrance Taylor, Michigan

Quinto Round

137. Baltimore Ravens: ILB Jason Philips, TCU

138. Atlanta Falcons: CB William Middleton, Furman

139. Kansas City Chiefs: OT Colin Brown, Missouri

140. Chicago Bears: WR Johnny Knox, Abilene Christian

141. Denver Broncos: WR Kenny McKinley, South Carolina

142. Cincinnati Bengals: P Kevin Huber, Cincinnati

143. Dallas Cowboys: CB DeAngelo Smith, Cincinnati

144. Jacksonville Jaguars: WR Jarett Dillard, Rice

145. Green Bay Packers: FB Quinn Johnson, LSU

146. San Francisco 49ers: ILB Scott McKillop, Pittsburgh

147. Buffalo Bills: S Nic Harris, Oklahoma

148. San Diego Chargers: CB Brandon Hughes, Oregon State

149. Baltimore Ravens: TE Davon Drew, East Carolina

150. Minnesota Vikings: ILB Jasper Brinkley, UNC

151. New York Giants: QB Rhett Bomar, Sam Houston State

152. Houston Texans: TE James Casey, Rice

153. Philadelphia Eagles: TE Cornelius Ingram, Florida

154. Chicago Bears: LB Marcus Freeman, Ohio State

155. Tampa Bay Buccaneers: OT Xavier Fulton, Illinois

156. Atlanta Falcons: OT Garrett Reynolds, North Carolina

157. Philadelphia Eagles: CB Victor Harris, Virginia Tech

158. Washington Redskins: RB Glenn Cody, Nebraska

159. Philadelphia Eagles: OT Fenuki Tupou, Oregon

160. St. Louis Rams: WR Foster Brooks, North Carolina

161. Miami Dolphins: TE Nalbone John, Monmouth

162. Green Bay Packers: OT Meredith Jamon, South Carolina

163. Carolina Panthers: OT Duke Robinson, Oklahoma

164. New Orleans Saints: P Thomas Morstead, Southern Metodist

165. Miami Dolphins: FS Chris Clemons, Clemson

166. Dallas Cowboys: FS Michael Hamlin, Clemson

167. Arizona Cardinals: OT Herman Johnson, LSU

168. Pittsburgh Steelers: CB Joe Burnett, Central Florida

169. Pittsburgh Steelers: RB Frank Summers, UNLV

170. New England Patriots: TE George Bussey, Louisville

171. San Francisco 49ers: QB Nate Davis, Ball State

172. Dallas Cowboys: K David Buehler, Southern Cal

173. Tennessee Titans: RB Javon Ringer, Michigan State

Sexto Round

174. Denver Broncos: QB Tom Brandstater, Fresno State

175. Kansas City Chiefs: WR Quinten Lawrence, McNesse State

176. Atlanta Falcons: LB Spencer Adkins, Miami

177. Cleveland Browns: CB Don Carey, Norfolk State

178. Seattle Seahawks: QB Mike Teel, Rutgers

179. Cincinnati Bengals: CB Morgan Trent, Michigan

180. Jacksonville Jaguars: TE Zach Miller, Nebraska-Omaha

181. Miami Dolphins: OT Andrew Gardner Georgia Tech

182. Green Bay Packers: DE Jarius Wynn Georgia

183. Buffalo Bills: CB Cary Harris USC

184. San Francisco 49ers: TE Bear Pascoe Fresno State

185. Baltimore Ravens: RB Cedric Peerman Virginia

186. Washington Redskins: OLB Robert Henson TCU

187. Green Bay Packers: CB Brandon Underwood Cincinnati

188. Houston Texans: CB Brice McCain Utah

189. San Diego Chargers: S Kevin Ellison USC

190. Chicago Bears: S Al Afalava Oregon State

191. Cleveland Browns: CB Coye Francies San Jose State

192. Detroit Lions: RB Aaron Brown TCU

193. New York Jets: OG Matt Slauson Nebraska

194. Philadelphia Eagles: WR Brandon Gibson Washington State

195. Cleveland Browns: RB James Davis Clemson

196. Saint Louis Rams: QB Keith Null West Texas A&M

197. Dallas Cowboys: S Stephen Hodge TCU

198. New England Patriots: LS Jake Ingram Hawaii

199. Oakland Raiders: DE Stryker Sulak Missouri

200. New York Giants: CB DeAndre Wright New Mexico

201. Indianapolis Colts: QB Curtis Painter Purdue

202. Oakland Raiders: TE Brandon Myers Iowa

203. Tennessee Titans: DE Jason McCourty Rutgers

204. Arizona Cardinals: DE Will Davis Illinois

205. Pittsburgh Stelers: DT Ra’Shon Harris Oregon

206. Tennessee Titans: WR Domenique Edison Stephen F. Austin

207. New England Patriots: DT Myron Pryor Kentucky

208. Dallas Cowboys: TE John Philips Virginia

209. Cincinnati Bengals: RB Bernard Scott Abilene Christian

Sétimo round

210. Atlanta Falcons: DT Vance Walker, Georgia Tech

211. St. Louis Rams: RB Chris Ogbonnaya, Texas

212. Kansas City Chiefs: RB Javarris Williams, Tennessee State

213. Philadelphia Eagles: OG Paul Fanaika, Arizona State

214. Miami Dolphins: LB J.D Folsom, Weber State

215. Cincinatti Bengals: RB Fui Vapakuna, BYU

216. Carolina Panthers: CB Captain Murrenlyn, UNC

217. Tampa Bay Buccanners: LB E.J Biggers

218. Green Bay Packers: LB Brad Jones

219. San Francisco 49ers: FS Curtis Taylor, LSU

220. Buffalo Bills: DB Ellis Lankster, WVU

221. Washington Redskins: TE Eddie Williams, Idaho

222. Indianapolis Colts: K Pat McAfee, WVU

223. Houston Texans: S Troy Nolan, Arizona State

224. San Diego Chargers: WR Demetrius Byrd, LSU

225. Denver Broncos: C Blake Schlueter

226. Pittsburgh Steelers: AQ Shipley, Penn St.

227. Dallas Cowboys: CB Mike Mickens, Cincinatti

228. Detroit Lions: OT Lydon Murpha, Nebraska

229. Dallas Cowboys: WR Manuel Johnson, Oklahoma

230. Philadelphia Eagles: OLB Moise Fukou, Maryland

231. Minnesota Vikings: FS Jamarca Sanford Mississipi

232. New England Patriots: WR Julian Edelman

233. Tampa Bay Buccaners: WR Sammie Stroughter, Oregon State

234. New England Patriots: DT Darryl Richard, Georgia Tech

235. Detroit Lions: OLB Zack Follett California

236. Indianapolis Colts: OG Jaimie Thomas Maryland

237. Kansas City Chiefs: TE Jake O’Connell Miami (OH)

238. New York Giants: CB Stoney Woodson South Carolina

239. Tennessee Titans: OG Ryan Durand Syracuse

240. Arizona Cardinals: RB Larod Stephens-Howling Pittsburgh

241. Pittsburgh Steelers: TE D.J.Johnson Arkansas State

242 Tennessee Titans: S Nick Schommer North Dakota State

243. Washington Redskins: WR Marko Mitchell UNLV

244. San Francisco 49ers: DT Ricky Jean-Francois LSU

245. Seattle Seahawks: S Courtney Greene Rutgers

246. Chicago Bears: OG Lance Louis San Diego State

247. Seattle Seahawks: DE Nick Reed Oregon

248. Seattle Seahawks: TE Cameron Morrah California

249. Cincinnati Bengals: DT Clinton McDonald Memphis

250. Jacksonville Jaguars: RB Rashad Jennings Liberty

251. Chicago Bears: WR Derek Kinder Pittsburgh

252. Cincinnati Bengals: WR Freddie Brown Utah

253. Jacksonville Jaguars: WR Tiquan Underwood Rutgers

254. Arizona Cardinals: OG Trevor Canfield Cincinnati

255. Detroit Lions: TE Dan Gronkowski Maryland

256. Kansas City Chiefs: K Ryan Succop South Carolina

Fim de Draft!!!





Sleepers no Draft – Defesa

25 04 2009

Agora vamos aos sleepers defensivos do Draft de hoje

Defensive Tackles

Roy Miller (6’1/310lbs), Texas: Miller é um jogador muito ativo na DL, sendo um bom all-around DT. Não é excelente nem no pass rush nem no run stop, mas consegue fazer ambos. Teve 5.5 sacks em seu senior year. Projeção: 4o round

Ricky Jean-François

Ricky Jean-François

Ricky Jean-François (6’3/295), LSU: Jean-François é um DT ágil que consegue boas penetrações. Sempre apareceu muito bem em jogos importantes (como por exemplo ao ser eleito MVP do BCS Championship Bowl de 2008), mas sumido nos outros jogos. Deveria ter ficado mais um ano na NCAA para mostrar-se mais sólido e constante. Com um bom treinamento pode levar o RJF de alguns jogos para todos os jogos, mas será que isto é possível? Pode jogar também de DE de 3-4. Projeção: 4o round

Samie Lee Hill (6’4/329), Stillman: Um dos maiores DTs de 2009. Jogador muito grande e forte, candidato a ser NT de 3-4 na NFL. Brilhou na NCAA mas enfrentou pouca competitividade pela pequena Stillman. Será mais visado por ter tamanho para NT de 3-4. Teve um ótimo tempo no 40 yard dash para o seu tamanho (5.11) Projeção: 4o round

Dorell Scott (6’3/312), Clemson: DT muito rápido e ágil mas que não conseguiu transmitir toda essa atleticidade para seu pass rush, conseguindo apenas 9 sacks na carreira. Jogador de experiência: tem 3 anos de titular numa divisão competitiva. Projeção: 3o/4o round

Ra’Shon Harris (6’4/298), Oregon: DT rápido e ágil. Apenas 1 ano como titular, no qual conseguiu 3 sacks. Jogador interessante por sua atleticidade, mas com pouca experiência. Problemas de work ethic. Projeção: 7o round

George Hypolite (6’1/299), Colorado: Jogador muito produtivo que conseguiu 12,5 sacks e 22,5 tackles for loss na carreira. É muito bom no run stop e tem poder de penetração. Bom all-around DT que não foi muito observado jogando por Colorado. É um DT pequeno mas talentoso, melhor fit na NFL pode ser como DT 1-technique de cover2. Projeção: 6o/7o round

Defensive Ends

Kyle Moore

Kyle Moore

Kyle Moore (6’5/272), USC: Não era muito famoso até sua senior year. DE grande porém atlético, faz muito bem seu trabalho contra a corrida e também conseguiu colocar pressão no QB em 2008, com 5 sacks (7 na carreira). Bom tempo no 40 yard dash para seu tamanho (4.76, conseguido em seu Pro Day). Jogador que ainda não atingiu o seu máximo potencial e pode ser um melhor jogador na NFL do que foi na NCAA. Projeção: 4o Round

Matt Shaughnessy (6’5/266), Wisconsin: Um DE grande e forte que consegue suas jogadas através do uso da força (bull rush). Tem bastante experiência, sendo starter  por 4 anos. Precisa desenvolver mais movimentos de pass rush mas é um bom DE, principalmente para atuar contra o RT adversário. Projeção: 4o/5o round

Brandon Long (6’3/254), Michigan St: Long só apareceu em seu senior year, com 5.5 sacks. Na verdade, foi só depois do seu Pro Day que Long atraiu mais atenção para si, após marcar 4.61 no 40 yard dash e 32 repetições no bench press. Jogador com o protótipo físico para ser OLB de 3-4 e essa seria sua melhor função na NFL. Projeção: 5o round

Phillip Hunt (6’1/244), Houston: Hunt teve uma produção impressionante na NCAA, conseguindo 32 sacks em seus 4 anos de carreira, sendo 14 só em 2008. Um jogador muito rápido e ágil, tem contra ele o seu pequeno porte físico. Não se sabe se conseguirá bater de frente com os OTs da NFL. Pode ser somente um DE situacional na NFL, mas é impossível ignorar sua enorme produção na NCAA. Pode ser mudado para OLB na NFL. Melhor fit é como DE de Cover2. Projeção: 4o round

Brandon Williams (6’3/261), Texas Tech: Um bom all-around DE, tem bons movimentos de rush. Jogador atlético que também poderia jogar de OLB de 3-4. Era o principal nome da linha dos Red Raiders e foi bastante produtivo em seu último ano, com 11 sacks. Projeção: 4o round

Victor Butler (6’2/248), Oregon St: Jogador muito produtivo em seus 2 últimos anos de NCAA. Em 2007 conseguiu 10,5 sacks e em 2008, 12. Jogador atlético que depende muito de seu speed rush. Precisava de um tempo melhor no 40 yard dash (fez somente 4.72 em seu pro day). Pode mudar para OLB na NFL, principalmente no esquema 3-4. Jogador com stats difíceis de ignorar. Projeção: 5o round

Stryker Sulak (6’5/250), Missouri: Jogador rápido e ativo na DL, com boa movimentação porém poucos movimentos de pass rush. Seu tempo no 40 yard dash foi bom mas poderia ser melhor (fez 4.77). Alta produção, conseguiu 22.5 sacks na NCAA sendo 10.5 em seu último ano. Jogador determinado que pode vir a ser um fator na NFL. Projeção:  6o Round

Rulon Davis (6’5/281), California: DE muito grande e forte, se destaca no run stop. Melhor fit pra ele será como DE de 3-4. Chega a NFL já com 26 anos, o que irá desencorajar times a drafta-lo. Pode ter alguns bons anos se colocado no esquema certo (3-4, principalmente). Projeção: Undrafted Free Agent

Outside Linebackers

Kaluka Maiava

Kaluka Maiava

Kaluka Maiava (6’0/229), USC: O LB da USC esquecido em meio a Rey Maualuga, Brian Cushing e Clay Matthews, mas que se destaca por mérito próprio. Jogador ágil e atlético que pode jogar de WLB ou se beneficiar de um esquema cover2. Não tem o tamanho ideal, sendo menor que a média dos LBs. Teve problemas de durabilidade. No Rose Bowl deste ano, quem queria ver um dos 3 ”grandes” LBs viu Maiava, que apareceu muito bem fazendo tackles em todas as partes do campo. Projeção: 4o Round

Zach Follett (6’2/236), California: Jogador muito físico, com tackles muito seguros e fortes. Não é muito fluido, sendo pouco ágil em seus movimentos. Pode funcionar tanto no 4-3 como SLB ou no 3-4 como ILB. Altamente produtivo, conseguindo 242 tackles e 23.5 sacks. Projeção: 5o round

Jason Williams (6’1/241), Western Illinois: Jogador altamente atlético e que brilhou no combine com ótimo tempo no 40 yard dash (4.49). Jogador muito rápido, que faz jogadas em todos os lugares do campo e consegue cobrir muito bem. Não enfrentou alta competição. Melhor lugar é como WLB Projeção: 4o round

Tyrell Sales (6’2/231), Penn St: Vem de uma universidade conhecida como “Linebacker U”. Muitos problemas extra-campo, inclusive com a polícia. Se não fosse por isso, estaria muito melhor ranqueado. Marcou 4.57 no 40 yard dash. Se conseguir ficar fora dos problemas, pode render na liga. Projeção: 7o round/Undrafted Free Agent

Russell Allen (6’3/230), San Diego St: Jogador rápido e muito confiável nos tackles. Não enfrentou alta competição em San Diego St mas era o líder da defesa e o grande destaque dela. Altamente produtivo, conseguindo 375 tackles na carreira. Boa velocidade e agilidade. Projeção: 7o/Undrafted Free Agent

Ashlee Palmer (6’2/222), Ole Miss: Jogador muito atlético, rápido e ágil. Não é físico. Consegue cobrir muito bem. Pouca experiência. Teve problemas extra-campo. Projeção: Undrafted Free Agent

James Holt (6’3/226), Kansas: Liderou a conferência Big XII com 19.5 tackles for loss. Outro LB rápido e que consegue fazer jogadas tanto no pass rush, no run stop e na cobertura. Projeção: 7o Round

Lee Robinson (6’2/249), Alcorn St: Excelente produção para o rápido LB vindo da pequena universidade. 334 tackles e 20.5 sacks. Projeção: 6o round

Inside Linebackers

Scott McKillop (6’1/244), Pittsburgh: Jogador com ótima visão e entendimento de jogo, com ótima produção também (344 tackles). Não é muito atlético, pecando na velocidade e na agilidade. Ótima capacidade de liderança e work ethic. Projeção: 3o/4o round

Gerald McRath

Gerald McRath

Gerald McRath (6’2/231), Southern Miss: Um dos LBs mais atléticos, rápidos e ágeis desse draft. Pouco físico e precisa adicionar mais peso. Problemas com durabilidade. Altíssima produção com 386 tackles, sendo 32.5 for loss. Pode ter que mudar para WLB na NFL para potencializar sua velocidade. Se ficar fora das contusões tem tudo para impactar na NFL. Projeção: 3o round

Antonio Appleby (6’4/245), Virginia: LB grande e forte, com boa presença no meio do campo e que joga muito fisicamente. Bons tackles, sempre seguros e por vezes fortes. Não é muito atlético e produziu menos do que podia. 3 anos de experiência como ILB starter do 3-4 dos Cavaliers. Projeção: 5o Round

Michael Tauiliili (5’10/231), Duke: Teve ótima produção em 2008, com 140 tackles. Ótimo tackleador, usando muita força. Problemas com a polícia. Jogador pequeno para a posição mas que pode funcionar como ILB de 3-4. Projeção: Undrafted Free Agent

Cornerbacks

Victor "Macho" Harris

Victor "Macho" Harris

Victor “Macho” Harris (5’11/198), Virginia Tech: Ótimo all-around CB, tendo boa velocidade, boa capacidade de recepção e sendo físico também. Peca um pouco na fluidez e pode não cair bem em esquemas man2man. Ótima produção em 2008, com 6 Ints (15 na carreira). Projeção: 2o/3o round

Mike Mickens (6’0/184), Cincinnati: Jogador com boa velocidade, agilidade e fluidez. Tackles seguros. 4 Ints em 2008 (14 na carreira). Boa altura e tem bom porte físico, mas poderia adicionar mais peso. Decepcionou no 40 yard dash, com apenas 4.57. Projeção: 3o Round

Coye Francies (6’0/185), San Jose St: Foi muito bem no Senior Bowl, mostrando que pode jogar com os WRs das grandes universidades, e quem tem boa atleticidade aliada à sua boa altura e capacidade de fazer jogadas. Muitos problemas extra-campo com a polícia. Decepcionou no 40 yard dash com apenas 4.59. Ainda não atingiu seu potencial e se ficar de fora dos problemas poderá fazer um nome na NFL. Projeção: 5o Round

Asher Allen (5’10/194), Georgia: Não tem velocidade de elite, mas mostra muito boa agilidade e fluidez, além de poder de tackle. Apenas 3 Ints na carreira. Melhor fit seria em um esquema de cobertura por zona. Projeção: 3o round

Donald Washington (6’0/197), Ohio St: Malcolm Jenkins era muito evitado pelos QBs adversários, o que jogava muito peso sobre o CB oposto, Donald Washington. E ele se saiu muito bem. Excelente velocidade e agilidade, mas peca na parte física e tackles. Um ótimo atleta, mas será um ótimo jogador? Projeção: 4o round

Glover Quin (5’11/204), New Mexico: Jogador muito físico, com bom poder de tackle e jam na linha de scrimmage. 5 Ints em 2008. Se dará melhor em esquemas por zona que aplicam bump-and-run. Velocidade não é de elite. Projeção: 6o/7o round

Lydell Sargeant (5’9/190), Penn St: Ótimo atleta, com muito boa velocidade e agilidade. Não tem altura ideal, além de problemas extra-campo. Enfrentou boa competição. Projeção: 7o/Undrafted Free Agent

Greg Toler (5’11/191), St Paul’s: Um dos melhores prospects vindo de pequenas universidades. Ótima velocidade, agilidade e atleticismo, além de boa produção, com 6 Ints em 2008 (14 na carreira). Projeção: 4o/5o Round

Domonique Johnson (6’1/197), Jackson St: Ótima altura e presença física. Alia ótima atleticidade com tackles seguros. Decepcionou no 40 yard dash (4.52) e não enfrentou alta competição. Não se destacou no Senior Bowl. Pode funcionar bem num esquema cover2. Projeção: 5o/6o round

Safeties

William Moore

William Moore

William Moore (6’0/221), Missouri: Tem 2 anos como starter. Em 2007, se mostrou um excelente safety, com excepcional trabalho contra a corrida e muito boa capacidade de fazer jogadas na cobertura. Era o grande nome da defesa de Missouri, tendo ótima presença em campo, tanto contra corridas como passes. Neste ano, conseguiu 117 tackles e 8 Ints. Se tivesse ido para o Draft poderia ter saido no top 15. Em 2008, caiu muito, sendo um SS pesado e lento para reagir, deixando muitas big plays acontecerem por ser pouco fluido e ágil na cobertura. Neste ano seus números baixaram para 86 tackles e 1 Int. Resta saber qual William Moore irá para a NFL, a versão 2007 ou a 2008. Típico jogador ”boom or bust”.  Projeção: 2o round

Darcel McBath (6’0/198), Texas Tech: Um dos melhores prospects de FS do Draft. Ótimo ano de 2008 com 6 Ints (11 na carreira). Ótima atleticidade e capacidade de fazer jogadas. Bastante fluido e rápido em seus movimentos. Tem condições de ser um bom starter na NFL. Projeção: 3o/4o Round

David Bruton (6’2/219), Notre Dame: Ótimo porte físico, aliando ótima velocidade com excelente presença física e poder de tackle. Muito bom contra o jogo corrido e tem excelente presença no box. Não é tão agil quanto rápido e pode sofrer na cobertura de passes. Melhor lugar é como SS na NFL. Produziu menos do que poderia. Projeção: 4o Round

Michael Hamlin (6’2/214), Clemson: Ótimo porte físico. Excelente contra o jogo corrido mas também consegue fazer jogadas na cobertura. Muito boa visão de jogo e entendimento do jogo. Não tem velocidade de elite. Também configura-se melhor como SS. Bastante experiente, com 4 anos de titularidade em Clemson. Produziu muito bem também, com 110 tackles e 6 Ints em 2008 (326/14 na carreira). Projeção: 3o Round

Curtis Taylor (6’2/219), LSU: Alia ótimo porte físico com boa velocidade e agilidade. Não é tão físico como deveria. Técnica de tackles não é das melhores. Tem ótimos recursos físicos mas não transmite isso para o campo. Projeção: 6o/7o round

Terrence Moore (6’2/216), Troy: Conseguiu 6 Ints em 2008. Alia ótimo porte físico com boa capacidade de cobertura. Foi muito mal no 40 yard dash (4.72). Não é tão físico para jogar de SS. Pode dar certo em esquemas que deixem o FS procurar a bola e não se preocupar tanto com coberturas. Projeção: 7o round

Dre’Mail Hardin (6’1/195), Stillman: Excelente produção na NCAA, mas enfrentou baixa competição. Conseguiu 16 Ints sendo 9 em 2007. Definitivamente um ballhawk. Projeção: 7o/Undrafted Free Agent

Michael Mitchell (6’0/221), Ohio: Muito bom contra a corrida e tem um tackle muito poderoso. Não tem velocidade nem agilidade de elite, sendo pouco fluido na cobertura. É um SS e pode até mudar para SLB devido ao seu grande poder de tackle. Projeção: 7o/Undrafted Free Agent

Nate Ness (6’0/193), Arizona: Jogador atlético que tem bom poder de fazer jogadas, sendo um bom ballhawk. Pouco físico e não ajuda muito contra a corrida. Também não é dos mais fluidos. Se beneficiaria dos esquemas que deixam o FS mais livre para procurar a bola. Projeção: Undrafted Free Agent





Análise dos prospects – Safeties

25 04 2009

1. Louis Delmas 1,80m 92 Kg

Quem é: Louis Delmas jogou na NCAA por Western Michigan Broncos durante 4 temporadas. Em 2008, ele foi elegido para o Primeiro time da conferencia MAC , que não é uma das melhores do futebol universitário.

Pontos fortes: Delmas é um ótimo safety para a cobertura. Um starter nos seus quatros anos em Western Michigan, Delmas foi um lider para a defesa de sua universidade, chamando as jogadas de cobertura nos seus dois últimos anos no college. Sem medo, ele gosta de dar grandes hits em running backs adversários.

Pontos fracos: A grande preocupação sobre Delmas é o seu tamanho e habilidade no jogo contra a corrida. Tem problemas com bloqueadores e tenta “dar a volta” neles. Seu tackle não é dos melhores. Muitas vezes cai nos play actions do quarterback. Sua conferência não era das mais fortes na NCAA, então foi mais fácil pra ele se destacar.

Projeção: Segundo round.

2. Patrick Chung 1,80m 95 Kg

Quem é: Patrick Chung foi safety titular da universidade de Oregon Ducks por 4 temporadas. Ele foi eleito pelos técnicos duas vezes (2007,2008) para o All-Pac 10 team.

Pontos fortes: Ótimos instintos para a posição. Lê a jogada incrivelmente bem. Chung raramente erra tackles quando está 1 contra 1 com um jogador adversário. Os quarterbacks tem medo de lançar pelo meio porque Chung sempre está pronto para dar um hit no recebedor do time adversário. Adora jogar perto da linha para parar a jogada.

Pontos fracos: Não tem velocidade de recuperação quando um recebedor bate ele. Um pouco undersized para um strong safety. Não é dos melhores em cobertura, suas mãos não são muito boas e ele dropou algumas interceptações durante sua carreira.

Projeção: Segundo round.

3. Rashad Johnson 1,80m 92 Kg

Quem é: Rashad Johnson foi safety titular da universidade de Alabama Crimson Tide por 4 temporadas. Johnson foi eleito duas vezes para o First Team All-SEC, em 2007 e em 2008.

Pontos fortes: Rashad Johnson é um jogador muito esforçado, chegou a esse draft como um dos melhores prospects de safety jogando com muita garra nas suas temporadas na NCAA. Esse esforço tornou Johnson um safety muito esperto com reações rápidas, diferenciando rápidamente uma jogada de corrida de uma jogada de passe. Boas mãos e instintos contra o passe.

Pontos fracos: Vai ter grandes dificuldades contra bons bloqueadores. Diferente de outros free safeties, a presença de Johnson não vai evitar passes no meio do campo com medo de seus hits. Tem problemas com coberturas man-to-man.

Projeção: Fim do segundo/início do terceiro round.

4. William Moore Missouri 1,85 m 101 Kg

Quem é: William Moore jogou no Missouri Tigers por 4 anos, 2 deles como titular. Ele liderou a NCAA em INTs no ano de 2007 com 8. Moore foi o capiutão defensivo do time em 2008.

Pontos fortes: Moore tem uma altura boa para um Defensive Back, é um grande atleta, tem braços longos, faz tackles fortes, é ótimo contra corrida, mas também vai bem contra o passe, tem ótimas mãos e joga principalmente como Strong Safety.

Pontos fracos: Teve alguns problemas com contusões tendo que se submeter a uma cirurgia no ombro, demora para ler jogadas, as vezes erra alguns tackles, não é muito veloz, as vezes é agressivo demais e as vezes tem problemas em coberturas.

Projeção: Segundo/Terceiro round.

5. Chip Vaughn Wake Forest 1,88 m 98 Kg

Quem é: Vaughn foi jogador do Wake Forest Demon Deacons por 4 anos, 2 deles como titular, Vaughn se alistou na universidade com WR, mas só jogou como Safety.

Pontos fortes: Vaughn é ótimo contra corridas, um ótimo tackleador que sabe forçar Fumbles, é alto, bastante agressivo, produz bem, é esperto, lê bem as jogadas e tem braços longos.

Pontos fracos: Chip Vaughn não é muito rápido, suas mãos não são muito boas, vai mal em coberturas de bolas muito profundas, não é muito ágil, é um pouco inconsistente e seus quadris não são muito soltos.

Projeção: Terceiro round.





Mock draft final

25 04 2009

1 – Detroit Lions: QB Matthew Stafford, Georgia. (Felipe Amaral)

Após terminar 2008 sem nenhuma vitória sequer, o Lions trocou de GM, HC e até de logo e uniformes. Nada melhor para começar de novo do que um Franchise QB. Stafford tem um braço forte, passes velozes, jogou em um modelo NFL pelos Bulldogs e enfrentou uma das melhores conferências da NCAA.

2- St. Louis Rams: OT Jason Smith, Baylor. (Andriy)

Após a despensa de Orlando Pace (OT) e Torry Holt (WR), Rams precisa de gente nova para substituí-los e rejuvenescer o time, a maior duvida é se pegam Jason Smith ou Eugene Monroe. Fico com Jason Smith pelo seu melhor desempenho no Combine, o que atrai os GMs e treinaudores da NFL.

3- Kansas City Chiefs: OT Eugene Monroe, Virginia. (Bruno Macedo)

Com Derrick Johnson, Demorrio Williams, Zach Thomas e Monty Beisel no elenco, Pioli deve ir atrás de reforços para a OL, e passar Aaron Curry, apesar de todo seu talento. Eugene Monroe é um LT perfeito para NFL, e deve ser starter desde seu primeiro ano, “empurrando” Branden Albert para RT, formando uma ótima linha.

4 – Seattle Seahawks: QB Mark Sanchez, U. of Southern California (Felipe Laurence)

Em uma pick que é uma das maiores incógnitas desse draft, o Seahawks pode ir de qualquer necessidade dele. A julgar pela escala de necessidades é provável que eles peguem Mark Sanchez para ir criando um substituto para o veterano (e injury prone) Matt Hasselbeck. Sanchez, que só foi titular dos Trojans nessa última temporada é uma aposta arriscada já que ninguém sabe ao certo como ele vai reagir à NFL. Uma aposta do Seahawks que pode dar muito certo e levar o time de volta ao Super Bowl ou pode dar muito errado e jogar a organização para uma grande crise.

5. Cleveland Browns – ILB Aaron Curry, Wake Forest (Rafael Nóbrega)

O Browns tem muitas necessidades no draft, entre elas ILB e com Curry sobrando não deve pensar duas vezes para escolhe-lo pois perdeu Andra Davis e tem um grupo de LBs não muito forte, Curry é um ótimo jogador que tem tudo para dar certo na NFL e chegaria para fortalecer o setor e melhorar a frágil defesa do Browns que sofreu na temporada passada.

6 – Cincinnati Bengals: OT Andre Smith, Alabama (Felipe Amaral)

Se não fosse pelos problemas extra-campo apresentados nesse caminho para o Draft, como uma suspensão do Sugar Bowl, sair do Combine sem avisar e flutuação de peso, Smith poderia ser até cogitado para o 1o LT a sair. O Bengals precisa achar uma resposta definitiva para essa posição. Smith é um OT bastante ágil para seu tamanho, tendo como principal destaque a força no jogo corrido.

7. Oakland Raiders: WR Michael Crabtree, Texas Tech. (Andriy)

O grupo de WR de Oakland é muito fraco, obteve uma média de apenas 148 jardas aéreas por partida na ultima temporada, uma das piores da NFL. Crabtree tem sido apontado por muitos como um dos maiores talentos da classe 2009 do draft, e Al Davis, se não nos surpreender de novo, deve seguir a opinião dos especialistas e draftá-lo, mesmo com seus problemas de lesão.

8. Jacksonville Jaguars: NT B.J Raji, Boston College. (Bruno Macedo)

Agora o time já não tem mais Marcus Stroud e precisa de alguém para fazer uma dupla com John Henderson. Raji é um jogador fantástico, um monstro na DL, deve ajudar muito o Jaguars a parar as corridas adversárias, ocupando aquele espaço no meio da DL. Muitos falam que Raji só daria certo em 3-4, mas eu acho que ele em 4-3 seria dominante do mesmo jeito, e teria mais suporte de outro grande DT.

9 – Green Bay Packers: OLB Brian Orakpo, Texas (Felipe Laurence)

Com a contratação de Dom Capers como Defensive Coordinator do time, a defesa do Packers vai passar de 4-3 pra defesa 3-4. Com isso eles precisarão draftar principalmente OLBs que sabem correr. Brian Orakpo é um dessses. Estrela da defesa do Texas Longhorns, Orakpo foi escolhido como jogador da defesa do ano na conferência Big 12 com 11,5 sacks e 40 tackles, sendo que 17,5 desses foram para perdas de jardas. Exatamente o complemento – forte e rápido – que Capers vai querer para jogar junto de Aaron Kampman.

10 – San Francisco 49ers: OT Michael Oher, Ole Miss (Rafael Nóbrega)A Linha ofensiva do Niners tem protegido mal os Quarterbacks nas ultimas temporadas e Shaun Hill precisa de proteção para jogar bem. Oher é um OT muito bom, era top 3 há alguns meses atrás, mas caiu por más performances durante os últimos meses no Combine e Pro Day. Oher abre bons espaços para corredores e protege bem QBs sendo a melhor escolha para San Francisco que melhoraria seu ataque deixando Frank Gore mostrar seu grande talento.

11 – Buffalo Bills: DE Robert Ayers, Tennessee (Felipe Amaral)

O Bills precisa melhorar o seu pass rush, que é muito dependente de Aaron Schobel, que não é mais o mesmo e não tem jogador com nível de titular para o auxiliar no pass rush. Em meio a tantos hibridos DE/OLBs deste 1o round, Ayers é um dos poucos ”verdadeiros” DEs de 4-3 com valor para sair aqui.

12. Denver Broncos: DE/OLB Tyson Jackson, LSU (Andriy)

Após mandar Jay Cutler para Chicago, Denver precisará de um QB, mas ainda é muito cedo para Josh Freeman ser pego, e com dois picks no 1º round talvez deixem para pega-lo no próximo. Denver precisa de um OLB para jogar em seu novo esquema 3-4 e para melhorar sua defesa, que não anda bem, ninguém melhor que Tyson Jackson para isso, tido por muitos como o melhor defensor do draft. Jogou como DE na NCAA, mas tem as características necessárias para jogar de OLB em uma defesa 3-4.

13. Washington Redskins: DE/OLB Everette Brown, Florida State (Bruno Macedo)

Com Jayson Taylor sendo cortado pelo Redskins, e os melhores offensive tackles do draft já tendo ido embora , essa escolha é um pouco óbvia. O Redskins não tem nenhum jogador com nível de ser titular do lado oposto de Andre Carter. Everette Brown é um grande run stopper, além de ser um ótimo pass rusher, ele tem tudo para ser um every down DE, Brown se destacou muito na NCAA, principalmente em sua última temporada, quando conseguiu 21.5 tackles for loss e 13.5 sacks, números excelentes.

14 – New Orleans Saints: FS Malcolm Jenkins, Ohio State University (Felipe Laurence)

A grande questão desse draft para o Saints é: aumentar ainda mais o poder de fogo do seu poderoso ataque ou tentar arrumar a sua combalida defesa? Acredito que o General Manager Mickey Loomis vá na segunda opção, derrubando Chris Wells para baixo. Por isso acredito que o Saints vá pegar Malcolm Jenkins, capitão do time da OSU e vencedor do prêmio de melhor Defensive Back da NCAA no ano de 2008. Esse versátil jogador que pode servir tanto de S como de CB é a escolha ideal para o time já que eles estão à procura do jogador que seja o Fator X da defesa, aquele jogador que faça a diferença. Jenkins tem tudo para ser esse jogador: liderança, velocidade e agilidade.

15 – Houston Texans: Brian Cushing, USC (Rafael Nóbrega)

A defesa do Texans tem uma DL muito boa, mas entre os LBs só DeMeco Ryans se destaca, Cushing chega para fazer dupla com Greenwood e deixar essa defesa contra corridas mais perigosa. Cushing é bastante agressivo e também melhoraria a cobertura dessa defesa, ele deve fazer a função de Sam nesse 4-3 do Texans, ele é um OLB inteligente e eficiente e deve dar um bom upgrade nesta defesa do Texans.

16 – San Diego Chargers: LB Rey Maualuga, USC (Felipe Amaral)

O Chargers já tem bons OLBs em Shawne Merriman e Shaun Phillips mas precisa achar uma força no meio da defesa. Contrataram Kevin Burnett mas mesmo que o ex-backup em Dallas consiga uma vaga de titular, ainda há outra ILB para ser melhorada. Maualgua é um LB muito ativo e rapido, aparecendo bem no jogo corrido e tendo bom faro de bola para algumas interceptações.

17. New York Jets: QB Josh Freeman, Kansas State (Andriy)

Definitivamente os Jets precisam melhorar seu ataque, ou pegam WR ou um QB. Com a aposentadoria de Brett Frave e com o histórico recente de que se é possível pegar bons WR fora do 1º round, New York deve pegar Josh Freeman, um QB que mostrou talento na NCAA, pode não vir a ser um dos melhores, mas pode vir a ser um bom quarterback na liga.

18. Denver Broncos: RB Knowshon Moreno, Georgia (Bruno Macedo)

Você deve estar pensando “Esse cara é um problemático mental, Broncos escolhendo ataque?”. Pois é, mas Moreno é muito bom para o Broncos passar. O time tem mais 6 rounds para fortalecer suas necessidades defensivas, e já escolheu um grande jogador em Tyson Jackson. Moreno é um jogador espetacular, é um running back consistente, que pode mudar o jogo em uma jogada, é o melhor running back do draft bloqueando, e acaba caindo tanto por causa da falta de necessidade de running back dos outros times, mas o Broncos faz uma ótima escolha e Moreno é do Broncos.

19 – Tampa Bay Buccaneers: DT Peria Jerry, U. of Mississippi (Felipe Laurence)

Novo técnico, nova vida. Acredito que pela perda de jogadores pivotais da linha defensiva o Bucs vá de alguém nessa posição. E nessa altura do draft não há ninguém melhor do que Peria Jerry, da Ole Miss. Apesar de ser propenso à contusões, Jerry é uma ótima adição a qualquer linha defensiva. All-American por dois anos seguidos, brilhou no ano passado, com 49 tackles, sendo 18 delas para perda de jardas, além de um fumble recuperado. Só começou a figurar no 1° round após uma atuação brilhante no Senior Bowl. Se conseguir manter-se saudável e com o nível de 2008, a linha defensiva do Bucs vai ficar monstruosa.

20 – Detroit Lions: William Beatty, Connecticut (Rafael Nóbrega)

Depois de selecionar Stafford, o Lions precisa protegê-lo já que a OL da equipe é fraca e não dá segurança pra nenhum QB. William Beatty é muito bom no Pass-Block, fez um ótimo Combine e como os Offensive Tackles tem saído aos montes no 1º round, o Lions não pensa duas vezes e escolhe Beatty que no time substituiria Jeff Backus que iria para RT melhorando toda a OL.

21 – Philadelphia Eagles: TE Brandon Pettigrew, Oklahoma St (Felipe Amaral)

Pettigrew daria um alvo grande e físico que faz falta em Philly. O Eagles prefere HBs que saibam receber a bola, o que deixa Chris Wells em desvantagem. Com Moreno fora do board, Andy Reid deve ir com Petty que não só é um alvo seguro para McNabb como também ajuda bastante nos bloqueios, deixando esse ataque do Eagles ainda mais perigoso.

22. Minnesota Vikings: C Max Unger, Connecticut (Andriy)

Após perder Matt Birk para Baltimore, o time precisa de um novo center, e Max Unger é tido, quase que com certeza, de que será um dos melhores Offensive Lineman da NFL, mesmo com a necessidade de um RT, Vikings não pode deixar passar a oportunidade de pegar Unger, que não estará mais disponível em sua próxima pick.

23. New England Patriots: ILB/OLB Clay Matthews, USC (Bruno Macedo)

Mike Vrabel se foi para o Kansas City Chiefs, e Adalius Thomas já tem 32 anos de idade, então o Patriots escolhe o melhor jogador de defesa disponível, então eles precisam de um ILB/OLB jovem e que tenho impacto imediato nesta defesa. É exatamente o que conseguem em Matthews, um jogador muito acima de média quando se trata de inteligência, e habilidade de prever as jogadas, além disso, Matthews é ótimo quando se trata de pass rush e é um special teamer fantástico, por ter jogado nos special teams durante toda a sua carreira.

24 – Atlanta Falcons: DT Evander Hood, Missouri (Felipe Laurence)

Com a perda de importantes jogadores da defesa, o Falcons claramente vai de defesa nesse 1° round (além do técnico Mike Smith adorar defesa). Para mim eles vão de DT, que é uma posição que mais se lesionou nessa offseason. E homem certo para essa posição é Evander Hood, que defendeu os Tigers na universidade. Capitão do time e excelente na pressão em QB, Hood, em suas 12 vezes pressionando o QB, ocasionou 5 interceptações, uma média incrível. Com 62 tackles, sendo 7 delas atrás da linha de scrimmage, 1 punt bloqueado e 2 recuperações de fumble, Evander Hood parece ser o homem para fechar esse buraco na defesa do Atlanta Falcons.

25. Miami: Vontae Davis, Illinois (Rafael Nóbrega)

Miami tem como grande necessidade a posição de Cornerback, pois já reforçou seu corpo de safeties na offseason e não tem nenhum CB muito bom no time. Vontae tem talento para ser top 10, tem um físico muito bom e é muito veloz, mas tem problemas disciplinares que fizeram ele cair no draft. Bill Parcells sabe como lidar com jovens e fará de Vontae um grande jogador na liga.

26 – Baltimore Ravens – WR Jeremy Maclin, Missouri. (Felipe Amaral)

O Ravens consegue Maclin, que escorrega até aqui para a alegria de Joe Flacco. Maclin vai dar uma necessária dose de explosão nesse ataque, além de ajudar nos retornos. O Ravens sempre teve uma boa defesa e mostrou um ataque baseado no jogo terrestre ano passado. Maclin pode ajudar a tornar esse ataque mais balanceado, se tornando um dos alvos mais confiáveis de Joe Flacco.

27. Indianapolis Colts: LB James Laurinaitis, Ohio St. (Andriy)

Colts precisa de um jogador de linha defensiva, WR e LB. Como Percy Harvin tem tido problemas extra-campo, Indianapolis deverá assumir uma tática mais segura e draftar James Laurinaitis, um bom ILB, que deve ficar no banco no início de sua carreira, para depois ser starter na posição de MLB da defesa do Colts.

28. Buffalo Bills: OT Eben Britton, Arizona. (Bruno Macedo)

A troca que mandou o offensive tackle Jason Peters para o Philadelphia Eagles, deixou um buraco na posição de left tackle do Bills, que ainda conta com mais dois problemas na linha, a falta de um Center com capacidade para ser titular, e a mesma coisa na posição de guard. Britton é um offensive tackle largo e forte, que consegue muito bem segurar defensive ends que usam do bull rush para tentar se driblar os offensive tackles adversários, além disso, Britton jogou 37 jogos consecutivos pela universidade de Arizona, não tendo problemas de contusões e sendo um grande líder para a sua universidade.

29 – New York Giants: WR Kenny Britt, Rutgers University (Felipe Laurence)

Nem é preciso dizer que a maior necessidade do Giants é na posição de recebedor. E com tantas opções que sobraram até agora nesse mock acho que o Giants vai de Kenny Britt, que jogou em Rutgers, logo do lado do estádio do Giants. WR de altura mediana e muito rápido, no estilo que Kevin Gilbride e Tom Coughlin gostam, Britt será uma ótima adição para o roster do Giants. Ele liderou a conferência Big East em número de recepções por jogo e em número de jardas recebidas por jogo. Grande driblador, Britt pode causar impacto nas defesas adversárias, assim como fazia Plaxico Burress. Com certeza será uma melhoria instantânea no corpo de WR do time, combalido desde o imbróglio com Plaxico.

30. Tennessee Titans: WR Hakeem Nicks, UNC. (Rafael Nóbrega)

Tennessee tem uma defesa fantástica e o rookie Chris Johnson mostra-se excelente para o futuro do jogo corrido do time. No jogo aéreo, faltam grandes WR, já que Justin Gage que é o melhor WR do time não é ótimo. Nicks é o Possession receiver que a equipe precisa pra fortalecer o ataque e montar um time muito bom que possa brigar bem por playoffs na próxima tempo.

31 – Arizona Cardinals: HB Chris Wells, Ohio State. (Felipe Amaral)

Ótimo valor para Wells aqui, o Cardinals não conseguirá passá-lo. Isso deixará o time com liberdade para cortar Edgerrin James e manter Tim Hightower como HB #2. Beanie Wells é um HB forte e que sabe correr tanto pelo meio quanto pelas laterais, e tinha a responsabilidade de ser o grande nome do ataque de Ohio State.

32. Pittsburgh Steelers: C, Alex Mack, Cal. (Andriy)
Definitivamente Pittsburgh precisa de melhorar sua offensive line, mesmo sendo campeã do Super Bowl, a linha foi uma das que mais deixou seu QB ser sackado. Max Unger e os melhores OT estão off-board, fazendo com que Mack seja o melhor prospecto da OL para ser draftado.

Segundo Round

33. Detroit Lions: CB Darius Butler, Penn St. (Bruno Macedo)

O Lions não tem uma dupla de CBs titulares definida, pois todos os jogadores para a posição que o time conta no elenco não tem nível para ser CB #1, então o time arruma um excelente cornerback selecionando Darius Butler.

34. New England Patriots (From Chiefs): OLB Larry English, Northern Illinois. (Bruno Macedo)

Patriots claramente precisa melhorar seu grupo de LB e de DB, como ja escolheu Clay Matthews Jr. no 1º round para jogar como ILB, English, como melhor jogador disponível nessas posições, é a melhor pick para o Pats.

35. Saint Louis Rams: WR Brian Robiskie. (Rafael Nóbrega)

Com a saída de Torry Holt a equipe precisa reforçar o corpo de WRs, Brian Robiskie é um ótimo possession receiver e chega em Saint Louis para fazer uma boa dupla com Donnie Avery. Robiskie vem de Ohio State, universidade com um programa de sucesso nos últimos anos.

36 – Cleveland Browns: WR Percy Harvin, Florida (Felipe Amaral)

Problemas com drogas e contusões deixam Harvin escorregar até aqui, mas o Browns adoraria tê-lo, já que precisam de WRs, com ou sem Braylon Edwards, ainda mais um jogador explosivo como Harvin.

37. Seattle Seahawks: S Louis Delmas, Western Michigan (Andriy)

Com os problema de QB e WR “resolvido”, com a escolha de Sanchez no draft e T.J. Houshmandzadeh pego na Free Agency, Seattle deve se voltar para melhorar sua secundaria, e Delmas é o melhor safety do Draft, então é uma boa escolha para o Hawks.

38. Cincinatti Bengals: C Eric Wood, Louisville (Bruno Macedo)

O Bengals precisa de um center e mesmo Alex Mack sendo o melhor da classe, um time que enfrenta Shaun Rogers (e talvez BJ Raji), Haloti Ngata e Casey Hampton, duas vezes por ano cada, precisa de um center forte e bruto como Wood. Mack é mais um finesse guy.

39. Jacksonville Jaguars: Sean Smith CB/FS Utah (Rafael Nóbrega)

Jacksonville precisa reforçar sua secundária, Sean Smith é um jogador versátil e talentoso que chega para reforçar a secundária, setor que foi o principal problema do Jaguars em 2008.

40 – Oakland Raiders: DE Michael Johnson, Georgia Tech (Felipe Amaral)

Al Davis sempre gostou de physical freaks e não existe melhor definição do termo neste Draft do que Johnson, com seus 6′7 e 4.6 no 40 yard dash. Johnson não transmite esse números para o campo, mas é o típico jogador que Davis gosta de ter no elenco.

41. Green Bay Packers: OT Phil Loadholt, Oklahoma (Andriy)

Green Bay precisa melhorar bastante sua OL e Phil Loadholt é um grande bloqueador, o que melhorará bastante o desempenho de Aaron Rodgers e Ryan Grant.

42 – Buffalo Bills: TE Shawn Nelson, Southern Miss (Bruno Macedo)

O Bills esperava conseguir escolher Brandon Pettigrew no primeiro round, não conseguiu, e agora vai atrás do melhor TE disponível, que, apesar de não ser muito bom no bloqueio, é um ótimo recebedor e deve ser um belo alvo para Trent Edwards.

43. San Francisco 49ers: NT Ron Brace, Boston College (Rafael Nóbrega)

San Francisco precisa reforçar a DL, setor deficiente da defesa da equipe, Brace é um bom NT e pode ocupar bem o meio dessa DL, fazendo ao lado de Kentwan Blamer uma dupla jovem e promissora.

44 – Miami Dolphins: OLB Connor Barwin, Cincinnati (Felipe Amaral)

Barwin incendiou o Combine com ótimos números em quase todos os exercícios. Tem muita pouca experiência na posição mas um grande potencial. Entra como oposto de Joey Porter e futuramente seu sucessor

45. New York Giants (from Saints): RB LeSean McCoy, Pittsburgh (Andriy)

Um dos melhores RB do draft, muito veloz, sem duvida ajudará bastante Brandon Jacobs no time, dividindo snaps, deixando Jacobs descansar mais durante as jogadas.

46 – Houston Texans: RB Donald Brown UConn (Bruno Macedo)

Steve Slaton jogou muito bem na temporada passada, apesar disso, não tem nenhum outro RB para ajudá-lo dividindo carries, Donald Brown faria essa função muito bem, e traria mais perigo aos adversários com esse ataque do Texans.

47 – New England Patriots: SS Patrick Chung, Oregon (Rafael Nóbrega)

O Patriots consegue suprir mais uma de suas necessidades selecionando tentando achar seu novo Rodney Harrison. Patrick Chung é muito promissor e já deve ser starter em pouco tempo.

48 – Denver Broncos: OLB Clint Sintim, Virginia (Felipe Amaral)

O Broncos continua montando seu 3-4, trazendo agora o OLB Sintim para potencializar o pass rush. A vantagem é que Sintim já está acostumado com o esquema pois já os Cavaliers utilizam o 3-4

49 – Chicago Bears: FS Rashad Johnson, Alabama (Bruno Macedo)

O Bears perdeu seu grande líder, Mike Brown, neste off-season, e agora não tem nenhum jogador com nível de ser starter na posição de free safety, com isso, o Bears seleciona Rashad Johnson, que vem para ser o FS titular do time.

50. Cleveland Browns(from Buccs): S William Moore, Missouri(Andriy)

Cleveland precisa muito de um S, sua secundária foi muito mal na temporada passada, e William Moore é um Safety com muito potencial e que pode fazer impacto em pouco tempo.

51 – Dallas Cowboys: Duke Robinson Oklahoma (Rafael Nóbrega)

A OL do Cowboys é boa mas está envelhecendo, Duke Robinson que foi um Guard dominante na universidade, se acostumou a enfrentar boas DLs, é excelente no Run Block e também é versátil, podendo jogar como RT.

52 – New York Jets: WR Darrius Heyward-Bey, Maryland (Felipe Amaral)

Heyward-Bey é apontado por muito como um pick de inicio/meio de 1o round, mas não teve a produção na NCAA para isso. DHB cai bem no ataque do Jets, que precisa desesperadamente de um WR.

53. Philadelphia Eagles: WR Mohamed Massaquoi, Georgia (Andriy)

Massaquoi pode ser uma grande pick para Philly, é um jogador muito veloz e bem atlético. Tem uma boa mão, ou seja, consegue fazer bons catches, mesmo que difíceis.

54. Minnesota Vikings: CB Alphonso Smith, Wake Forest

Antoine Winfield está ficando velho, e o Minnesota Vikings não conta com um CB #2 consistente. Alphonso Smith é um tremendo ballhawk que conseguiu 21 interceptações em sua carreira na NCAA, uma ótima escolha para o Vikings.

55 – Atlanta Falcons: D.J. Moore Vanderbilt (Rafael Nóbrega)

Atlanta tem uma defesa boa, mas com uma secundária limitada. Os CBs são medianos e Moore com sua velociade daria um bom upgrade no setor podendo ser também retornador.

56 – Miami Dolphins: WR Juaquin Iglesias, Oklahoma (Felipe Amaral)

Ted Ginn está evoluindo bem, mas o Dolphins ainda precisa de um WR possession. Iglesias é capaz de fazer o trabalho sujo no meio do campo e nas 3as descidas

57. Baltimore Ravens: LB Cody Brown, Uconn, (Bruno Macedo)

O Ravens perdeu Bart Scott e precisa de depth para a posição de linebacker, então a escolha de um LB aqui é um no-brainer. Cody Brown é um bom jogador que pode brigar pela vaga de titular daqui a um ano.

58. New England Patriots: DE Jarron Gilbert, San Jose State (Andriy)

Com Seymour, Green e Smith entrando em seu ultimo ano de contrato, Patriots precisa ter um bom backup caso os percam na próxima Free Agency, e Gilbert é um excelente nome para isso, tem um bom físico e é bem atlético, com certeza trará profundida ao grupo de DE.

59- Carolina Panthers: Victor “Macho” Harris ,Virginia Tech (Rafael Nóbrega)

Carolina perdeu Ken Lucas e precisa substitui-lo para que sua secundária mantenha o bom nível, Victor Harris é um bom CB que se adéqua muito bem a marcação por zona de Carolina.

60 – New York Giants: SS Michael Hamlin, Clemson (Felipe Amaral)
Pode ser um pouco cedo para Hamlin, mas ele é um ótimo complemento para Kenny Phillips. Hamlin ficou com cerca de 100 tackles em 2007 e 2008 e é ótima contra a corrida.

61. Indianapolis Colts: QB/WR Pat White, West Virginia (Bruno Macedo)

White é jogador muito versátil, uma opção muito boa para o Colts, já que nenhum running back ou defensive tackle aqui faria grande efeito.

62. Tennessee Titans: DT Fili Moala, USC (Andriy)

Albert Haynesworth foi para Washington, então Tennessee precisa de um substituto para essa posição e Fili Moala é um bom nome.

63- Arizona Cardinals: Paul Kruger Utah (Rafael Nóbrega)

Arizona perdeu Antonio Smith e precisa repor a perda, Paul Kruger é um DE versátil e muito bom no Run-Stop que também sabe penetrar bem no pocket e fazer tackle for loss nas corridas.

64 – Pittsburgh Steelers: OT Jamon Meredith, South Carolina (Felipe Amaral)

Ótimo valor encontrado pelo Steelers, que precisa encontrar uma resposta definitiva para sua LT. Meredith é ágil e tem bom trabalho de pés, pode não estar pronto para assumir a LT mas se trabalhado pode ficar nesta posição por muitas temporadas





Stafford é um Lion

25 04 2009

O Detroit Lions acertou com o Quarterback Matthew Stafford para fazê-lo a primeira escolha do Draft da NFL de 2009.

Stafford vai receber um contrato de seis anos, 41.7 milhões de doláres, que pode chegar a 78 milhões se ele conseguir os objetivos do contrato.

O Lions aumentou a velocidade das negociações com Stafford nos últimos três dias, também sabendo que já tinham conseguido um contrato com menos dinheiro envolvido, com o LB de Wake Forest, Aaron Curry.

O contrato de Stafford é o maior dado a um jogador que veio do draft, batendo contratos monstruosos como o do OT Jake Long ano passado, 5 anos 57.5 milhões de doláres, e o de Matt Ryan, 6 anos 72 milhões de doláres.

Em breve mais informações sobre o assunto.