Análises do Draft por equipe: AFC East

30 04 2009

Hoje começamos a analisar as escolhas das equipe, e a 1ª divisão é a AFC East

Buffalo Bills Nota Geral: B-

 

Aaron Maybin, DE – Penn State

1,91 m 113 Kg

11º overall – 1º round

 

A produção de Aaron Schobel tem diminuído bastante nos últimos dois anos, além do jogador estar ficando velho e não ter ninguém de qualidade para jogar oposto a ele. Maybin veio para resolver isso. O Bills acertou em cheio na posição, apesar de que Orakpo ainda estava disponível, e podia ser uma melhor escolha. Apesar disso, Maybin é um excelente prospect, ele antecipa o snap extremamente bem, é muito rápido, e já está desenvolvendo movimentos de pass rush importantes para jogar na NFL. Ele já deve ser bem útil em seu primeiro ano na NFL, jogando muitos snaps por partida. Nota: B+

 

Eric Wood, C – Louisville

1,93 m 140 Kg

28º overall – 1º round

 

Um pick estranho do Bills devido a dois fatores. Center não era a principal necessidade do Bills, que necessita mais de um LT em sua OL e Eric Wood não era o principal Center disponível aquela altura, já que Max Unger é mais bem cotado que ele, contudo, a chegada do Wood deixa o miolo da OL do Bills mais forte. Wood é um jogador muito bom no Run-Block e também versátil, podendo jogar como Guard na NFL. Nota: C+

 

Jairus Byrd, CB/S – Oregon

1,83 m 93 Kg

42º overall – 2º round

 

O Bills pegou CB no 1º round ano passado e tem uma boa secundária, fazendo desse pick, uma escolha questionável, além disso Jairus Byrd é considerado um tweeener transformando em uma aposta de risco. Em todo caso, o Bills poderá contar com um jogador bom contra corridas e bastante veloz. Nota: B-

 

Nas outras escolhas da equipe houveram bons achados, Andy Levitre é um Guard muito bom que chega para brigar pela condição de titular, Shawn Nelson também é um Tight End de muito talento que sobrou até o 4º round e chega para ser bastante usado também, Nic Harris é um jogador que pode ser Strong Safety ou OLB e deve ficar no roster da equipe por sua versatilidade, Cary Harris foi uma escolha estranha, um CB não era necessário e ele tem chances pequenas de ficar no roster. Ellis Lankaster outro CB foi uma escolha mais estranha ainda e não teve ficar no time.

Miami Dolphins Nota Geral: B

 

Vontae Davis, CB – Illinois

1,80 m 92 Kg

25º overall – 1º round

 

Não era surpresa para ninguém a necessidade de reforços para a secundária de Miami, contudo, muitos duvidavam que o Bill Parcells fizesse esta escolha. Vontae é um dos maiores talentos do draft, e caiu no colo de Miami devido a supostos problemas de caráter. Seu técnico na universidade de Illinois, Ron Zook, disse que em certos momentos Davis relaxava nos treinamentos e achava-se melhor que os outros jogadores, causando um mal estar entre o jogador e o staff, porém isso não impediu o Front Office de drafta-lo, acreditando que o potencial do jogador pode oferecer trás muito mais a equipe do que os possíveis problemas que ela possa vir a causar. Nota: A

 

Sean Smith, CB/S – Utah

1,93 m 98 Kg

39º overall – 2º round

 

Sean Smith trás para Miami uma rara combinação de velocidade e tamanho entre cornerbacks. Por muitos considerado o principal steal da equipe, Smith começou sua carreira universitária com WR, trocando para CB ao final de seu primeiro ano, e logo se firmou como um dos principais jogadores da defesa de Utah. Smith é um jogador muito confiante de suas próprias habilidades, algo que é necessário para se jogar em uma divisão em que ele provavelmente terá que marcar WRs como Randy Moss, Terrell Owens e Lee Evans. Se bem desenvolvido, Smith se tornará juntamente com Vontae Davis a dupla de CBs de Miami para um futuro próximo. Nota: B

 

Pat White, QB/WR – West Virginia

1,83 m 89 Kg

44º overall – 2º round

 

A escolha de Pat White dividiu especialistas. Um dos melhores college QBs das últimas temporadas, White vem para Miami para trazer uma nova dimensão ao ataque do time. Muitos o vêem como um WR na NFL, porém o desejo do próprio White é tornar-se um QB, e o braço para isso ele tem.

Desejos a parte, a principal função de White deve ser comandar a formação implementada no ataque de Miami na última temporada, o Wildcat. White, que foi o melhor QB corredor na história da NCAA, com certeza trás muitos mais recursos do que Ronnie Brown na hora em que a formação estiver em campo, podendo tanto passar, correr ou receber com eficiência. Nota: B+

 

Nos rounds seguintes as escolhas de Miami foram muito mais controversas do que nos dois primeiros rounds. Com a pick 87 e pick 108 a equipe draftou Patrick Turner e Brian Hartline, dois grandes WRs com velocidade questionável. Tanto Turner quanto Hartline parecem vir para preencher a vaga de possesion WR da equipe, que não foi preenchida por Earnest Wilford na última temporada. O TE John Nalbone, o FS Chris Clemons, o T Andrew Gardner e o LB J.D Folson completaram o draft da equipe, com destaque para o FS Chris Clemons, da universidade de Clemson, que tem tamanho e a velocidade adequada para a posição, devendo ser um grande contribuinte para o ST de Miami no seu rookie year. 

New England Patriots B+

 

Desde o início da era Bill Belichick em New England, em 2000, todos ficam ansiosos para ver o que o treinador irá fazer durante o Draft, por que ele sempre dá show, e esse ano não foi diferente, começou trocando entrou com 11 picks no Draft, e após algumas trocas, 7 para ser exato, draftou 12 jogadores e ainda garantiu mais duas escolhas de 2º round do ano que vem.

           

Patrick Chung, SS – Oregon

1, 83 m 95 Kg

34º overall – 2º round

           

Alguns consideraram uma má escolha com alguns nomes importantes ainda à disposição, mas Bill Belichick queria o jogador no elenco porque vê muito potencial nele. Chung é um excelente Strong Safety, sabe como da tackles e é muito bom na cobertura. Além disso é um grande líder dentro e fora de campo, sendo o capitão de sua faculdade por muito tempo. Com certeza substituirá com brilho Rodney Harrisson que não deve durar muito em Boston. Nota: B+

           

Ron Brace, NT – Boston College

1,91 m 147 Kg

40º overall – 2º round

 

Não é uma posição carente para o time, para poder ser escolhido no 2º round, mas Wilfork está em seu último ano de contrato e o time precisava de um plano B caso ele não renove ao fim da próxima temporada. Nota: B

           

Darius Butler, CB – UConn

1,78 m 85 Kg

41º overall – 2º round

 

Esse era o principal alvo do time no Draft, enquanto muitos davam como Vontae Davis o melhor CB da classe 2009, Belichick sempre esteve de olho em Butler. O jogador é bem atlético e versátil, pode jogar até de WR, tem uma excelente visão, conseguindo “ler” bem os olhos do QB e as rotas do WR. Vai melhorar muito a secundaria do time, que vem sendo bastante contestada desde a saída de Asante Samuel. Nota: A

           

Sebastian Vollmer, OT – Houston.

2,03 m 143 Kg

58º overall – 2º round

 

Ele é alemão e tem um biótipo típico do país, ou seja, forte, grande e intimidador. Melhorando sua capacidade de abrir espaços para a corrida, será um grande RT. Nota: B-

           

Em suas outras 8 escolhas, o time as usou para solucionar algumas pequenas necessidades do time. Draftou o WR Brandon Tate no 3º round, que pode vir a ser o WR #3 do time além de ser o retornador, devido a saída de Ellis Hobbs. Ainda no 3º round o time draftou o ILB Tyrone McKenzie, South Florida, que poderá ajudar na rotatividade dos titulares em alguns snaps. No 4º round o time draftou o G Rich Ohrnberger, que é um bom pass blocker, será um bom reserva. No 5º round o time draftou o OL George Bussey, vem apenas para dar profundidade ao grupo de G e T. No 6º round o time escolheu o LS Jake Ingram, que chega para entrar no lugar de Plaxton que saiu na Free Agency. As duas ultimas ecolhas foram o NT Myron Pryor e o WR/QB/RB Julian Eldeman, o primeiro nada acrescentará ao time, pode até ser dispensando depois do Training Camp e o outro, se permanecer, no time pode ser usado nas formações Wild Cat.

New York Jets Nota Geral: A-

 

Mark Sanchez, QB – USC

1,88 m 103 Kg

5º overall – 1º round

 

O New York Jets fez uma troca com o Cleveland Browns para escolher na 5ª posição e o escolhido foi Mark Sanchez. Com a aposentadoria de Brett Favre, o Jets tinha no elenco QBs pouco prestigiados e jovens como Kellen Clemens e Eric Ainge e nenhum dos dois aparenta ser um QB que vá dar muitas alegrias a sua torcida. Mark Sanchez é QB muito promissor que apesar de ter tido poucos jogos em USC, mas pareceu ser a coisa certa a fazer para o Jets. Sanchez é um QB muito talentoso que ainda deve se desenvolver muito na NFL, e bem protegido pela boa OL do Jets vai ser um QB muito bom na NFL. A condição de Sanchez no início da temporada vai depender dos Training Camps, que apontaram o QB titular da equipe, mas crio que se Sanchez não começar como titular  tem tudo para assumir a função durante a temporada. Nota: A-

 

Shonn Greene RB – Iowa

1,80 m 103 Kg

65º overall – 3º round

 

Como Thomas Jones já não é mais um garoto e Leon Washington é um grande retornador, mas não tem o mesmo brilho como RB, o Jets necessitava de alguém para a posição e escolheu simplesmente o jogador que recebeu o prêmio de melhor RB do ano na NCAA, Greene caracteriza-se por ser um jogador muito forte, e difícil de ser derrubado. A grande dúvida em relação é Greene é com relação às contusões que ele teve no college, especialmente no tornozelo, mas ainda sim Greene foi um steal que deve ir muito bem atrás da poderosa OL do Jets. Nota: B+

 

Com sua outra escolha, o Jets draftou no 6º round o Guard Matt Slauson que se ficar no time após o Training Camp será reserva da posição, que precisa de renovação pois Alan Faneca já está nos últimos anos de sua carreira.  Nota: B-

Anúncios

Ações

Information

One response

30 04 2009
Flávio Vieira

Bom, de um modo geral a análise é boa. Eu apenas mudaria a avaliação de White deslocando-a para o Smith… e não vi nada de controversas as escolhas seguintes, senão a de John Nalbone…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: