Análise dos prospects do draft – RBs – Parte 2

11 03 2009

1. Knowshon Moreno 1,80m 94 Kg

Quem é: Moreno foi running back da universidade da Georgia por três anos, fazendo uma dupla explosiva com o quarterback Matt Stafford, que são dois dos melhores prospects desse draft. Moreno foi o segundo mais votado para a Doak Walker Award de 2008, prêmio dado para o melhor running back da temporada universitária, e ficou no segundo time da NCAA.

Pontos fortes: Moreno é uma tremenda arma ofensiva, que pode fazer uma grande jogada cada vez que toca na bola. Ele tem muita velocidade, consegue quebrar muitos tackles na base da agilidade, e tem uma grande visão de jogo. Moreno é o tipo de running back que só desiste da jogada quando ela realmente termina, ele sempre tenta ganhar mais algumas jardas com sua força.

Pontos fracos: Moreno não é um grande bloqueador, e só.

No combine:

40 yard dash: 4.60 seg

Bench press: 25 reps

Vertical jump: 35.5

Comparação na NFL: Chris Johnson. Os dois são grandes playmakers, muito ágeis e são bem completos.

2. Chris Wells 1,85m 107 Kg

Quem é: Chris Wells, mais conhecido nos EUA como ‘Beanie’, foi running back da universidade de Ohio State por três anos. No seu ano de freshman, Wells já teve a sua estrela brilhando quando foi MVP do Army All-American Bowl, em que anotou três touchdowns e liderou o East para a vitória de 27-16.

Pontos fortes: Wells é um running back grande e forte, mas que também é muito veloz e perigoso no open field. Ele tem uma grande visão de jogo, e tem bastante paciência para achar um espaço para correr. Ele também pode ser a grande arma de um ataque, carregando um time nas costas.

Pontos fracos: Ele pode não conseguir carregar muitas bolas num jogo, seria ideal pra ele um outro RB para poder ser seu complemento, o fazendo render mais.

No combine:

40 yard dash: 4.59 seg

Bench press:
25 reps

Vertical jump: 33.5

Comparação na NFL: Shaun Alexander nos seus bons tempos, RB forte, grande, dominante e até rápido.

3. Donald Brown 1,78m 94 Kg

Quem é: Donald Brown foi running back da universidade de Connecticut por três anos, em que ele estabeleceu o recorde de jardas corridas na história da universidade, com 3,800 no total, sendo 2000 na sua última temporada.

Pontos fortes: Brown é um grande atleta, com uma excelente visão de jogo. Ele pode carregar a bola muitas vezes em um jogo, e mesmo assim não perder a produtividade por corrida. Ele também bloqueia bem, e consegue ler muito bem a defesa adversária.

Pontos fracos: O maior problema de Brown na NFL deve ser seu tamanho. Ele tem apenas 1,78 e não é muito forte. Isso pode afetar para que ele não consiga ser um every down back, e talvez precise de um complemento.

No combine:

40 yard dash: 4.51

Vertical jump: 41.5

Comparação na NFL: Maurice Jones-Drew. São undersized, rápidos, e bons bloqueadores.

4. LeSean McCoy Pittsburgh 1,80 m 90 Kg

Quem é: LeSean McCoy foi RB do Pittsburgh Panthers por 2 anos mais um ano como redshirt, ou seja só treinando. McCoy disputou o Brut Sun Bowl esse ano e perdeu.

Pontos fortes:
McCoy é muito ágil, sabe achar buracos na defesa adversária, tem muita velocidade, sabe driblar os defensores, mantém-se equilibrado nas jogadas, tem paciência para esperar os bloqueios, é um bom recebedor e corre muito bem pelos lados.

Pontos fracos: Ele é um RB baixo e não muito forte, às vezes sofre muitos turnovers, algumas de suas principais jogadas não darão certo no estilo de jogo da NFL, não sabe proteger QBs e tem dificuldades contra Linebackers fortes.

Obs: McCoy não participou do combine.

Comparação na NFL: Adrian Peterson. Os dois são rápidos e sabem fugir de tackles, mas cometem muitos turnovers.

5. Mike Goodson Texas A&M 1,83 m 96 Kg

Quem é: Mike Goodson foi RB do Texas A&M Aggies durante 3 anos, jogou 1 bowl e perdeu. Goodson foi o grande jogador da equipe na temporada.

Pontos fortes: Goodson é muito atlético, muito rápido e ágil, sabe achar buracos nas linhas adversárias, com espaço é muito difícil de ser parado, corta muito bem os defensores, recebe bem fora do backfield, vai bem mesmo sem muita força pois tem ótimo trabalho de pernas e como retornador lembra o também ex-Texas A&M Dante Hall.

Pontos fracos: Não vai bem em situaçãoes de poucas jardas quando a defesa está toda armada em cima dele, sofreu lesões importantes na virilha, pescoço e joelho, teve problemas com o antigo treinador da universidade e sua forma de trabalhar.

No combine:
40-Yard Dash: 4.54 seg.
Bench Press: 14 rep.
Vertical Jump: 39.5 inches

Comparação na NFL: Brian Westbrook. São RBs versáteis, que recebem bolas, são rápidos, e sofrem de lesões.

Anúncios

Ações

Information

4 responses

11 03 2009
André_Pats

Bruno vai me ajudar com esse artigo num futuro próximo

11 03 2009
Paulo Florentino

Muito bom pra quem não aconpanha a NCAA e quer estar por dentro do Draft!

Estou louco pra ver a série de Linebackers e DLs.

11 03 2009
Paulo Florentino

*acompanha

11 03 2009
SalgadoLord

Eu não acho que comparar Knowshon Moreno a Cris Johnson seja valido, tem estilos de jogo muito diferente.
E outra coisa, LeSean McCoy não foi redshirt, ele foi para uma escola preparatoria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: